Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ao contrário das estrelas, Mariano jogou as 13 partidas do ano

Nos quatro jogos em que o lateral não atuou na conquista do Brasileiro de 2010, o Fluminense não venceu

Marello Pires, iG Rio de Janeiro |

Enquanto Fred, Deco e Emerson vivem contundidos e têm desfalcado o Fluminense em jogos decisivos, Mariano tem pegado pesado desde o ano passado. Sem lesões, o lateral-direito participou de todas as 13 partidas da equipe em 2011. O vigor físico do jogador impressiona tanto, que nem na vitória sobre o Resende, por 2 a 1, ele foi sacado por Muricy Ramalho que poupou mais da metade dos titulares.

Mesmo sem descanso, Mariano não reclama e afirma que se depender de sua vontade estará em campo sempre que o treinador quiser.

“O calendário brasileiro é assim. Eu procuro descansar quando estou de folga. O Muricy Ramalho sabe trabalhar bem em cima disso. Mas prefiro jogar todos os jogos. Jogar e aparecer é uma motivação para mim. Não faço questão de querer me poupar”, disse o lateral-direito.

O retrospecto do jogador em campo vem desde a temporada na passada. Dos 38 jogos do Fluminense no Brasileiro, ele só ficou fora em quatro. Contra Cruzeiros e Santos, pelo segundo turno, ao ser convocado para a Seleção Brasileira, e contra Palmeiras, no Maracanã, pelo primeiro turno, e Atlético-PR, pelo segundo, por estar suspenso. A partida contra o Furacão, no dia 24 de outubro, na Arena da Baixada, foi a última em que ele ficou fora do time titular.

Coincidência ou não, o fato é que em nenhum dos quatro compromissos o Fluminense venceu. Contra Cruzeiro e Santos, a equipe perdeu por 1 a 0 e 3 a 0, respectivamente. Já contra o Palmeiras e Atlético-PR, o time não passou de dois empates, 1 a 1, no Maracanã, e 2 a 2, na Arena da Baixada.
 

Leia tudo sobre: Campeonato Carioca 2011FluminenseMariano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG