Tamanho do texto

Técnico lembrou de outros momentos em que conseguiu salvar um time da queda para a Série B

Gazeta Press
Antônio Lopes assume com a missão de salvar América-MG da degola
O América-MG apresentou nesta terça-feira, o técnico Antônio Lopes, que vai comandar a equipe até o final do Campeonato Brasileiro. O treinador chegou confiante e afirmou que tem condições de tirar o time da zona de rebaixamento da competição nacional.

"Estou confiante, vamos fazer um bom trabalho aqui e procurar tirar o América-MG dessa situação e acredito que isso aconteça pelo grupo que temos. Vi alguns jogos do América-MG. Bons jogos. O América-MG pode subir muito de produção", declarou Antônio Lopes, que disse ainda que já enfrentou desafios semelhantes ao que terá no Coelho.

"Já tive situação idêntica a essa que o América-MG está vivendo. Com o Atlético-PR em 2005, peguei o time com seis rodadas sem nenhum ponto conquistado e conseguimos tirar o time da zona de rebaixamento e terminamos na zona da Sul-Americana. Em 2008 ou 2009, no próprio Atlético-PR, também nos livramos. Já no ano passado, com o Vitória, a situação foi diferente. Nós assumimos faltando seis rodadas para terminar. Não tivemos tempo e perdemos a classificação no último jogo para o Atlético-GO", declarou.

Bastante religioso, Antônio Lopes afirmou que nunca deixou de ter fé e voltou a frisar que vai tirar o América-MG da fase ruim. "Meus santinhos vivem comigo a vida toda. Há muitos anos não me abandonam nunca. Todo mundo tem que ter sua fé. Eu tenho a minha. Acredito neles e tenho certeza que eles vão me ajudar nessa tarefa que temos pela frente aqui no América-MG", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.