Treinador fala em grande partida mesmo com falha e "bobeira" da equipe na defesa

A vitória sobre o Serrano neste sábado, por 3 a 2, concedeu uma vantagem importante nas semifinais do Campeonato Baiano: o Vitória agora joga por dois resultados iguais para avançar à final do Estadual. Para o técnico Antônio Lopes, que igualou o recorde conquistado por Arthurzinho em 1997 de nove triunfos seguidos no Estadual, apesar de algumas falhas, a equipe teve uma boa apresentação.

"Fizemos uma grande partida. Um primeiro tempo excelente, mas terminamos sofrendo dois gols. Tivemos chances de matar o jogo e não fizemos. Isso complicou um pouco. Tomamos um gol de bola parada e outra em uma bobeira que não pode ocorrer. Sabíamos que a bola alta era a principal arma deles e pecamos", avaliou o técnico.

Além disso, o técnico comentou a entrada de Dankler, que fez sua primeira partida no time profissional sob o comando de Lopes. "O garoto entrou nervoso, o que é natural, mas depois tirou bola por baixo, por cima, deu carrinho e foi um guerreiro. Está de parabéns", elogiou.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.