Zagueiro brincou sobre primeiros treinos de posse de bola com Caio Júnior: "No começo era até feio"

Gazeta Press
Zagueiro brincou com os primeiros treinamentos do técnico Caio Júnior
A chegada do técnico Caio Júnior no Botafogo trouxe uma nova filosofia de trabalho para a equipe carioca. Com a torcida reclamando da suposta 'retranca' de Joel Santana, a diretoria buscou um nome que jogasse para frente. Tentando fazer o time carioca ter maior posse de bola, o novo treinador já colhe os primeiros resultados com boa arrancada e o quarto lugar no Campeonato Brasileiro.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Bem humorado, o zagueiro Antônio Carlos revelou que a troca de estilo fez com que os jogadores 'passassem vergonha' nas primeiras atividades de toques com o novo comandante.

"É um esquema totalmente diferente do Joel Santana, que vinha jogando com três volantes e com a referência do Loco Abreu na área. Agora, com o Caio Júnior, é um esquema de maior posse de bola, movimentação e velocidade. No início dos treinamentos, era até feio de fazer o que ele pedia, a gente ficava enrolado com a bola", declarou o jogador.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Apesar da dificuldade inicial, os jogadores já estão adaptados aos pedidos do novo treinador. Para o zagueiro, o período de mais de 30 dias sem jogos da equipe, entre as eliminações no Carioca e na Copa do Brasil e a estreia no Brasileirão, foi importante para trazer resultados agora.

"Melhoramos bastante, mas ainda estamos procurando aprimorar mais. Agora já temos mais tranquilidade, um sabe onde o outro está para tocar a bola. Isso é repetição. Aqueles 30 dias que ficamos treinando dão resultado agora", disse Antônio Carlos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.