Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Antigo alvo do Corinthians, Guti rescinde com Besiktas

"O treinador (Carlos Carvalhal) é o único responsável por eu não ter continuado no clube", comunicou o espanhol em seu site

Gazeta |

O meio-campista espanhol Guti confirmou, nesta terça-feira, por meio de sua página oficial na internet, que não é mais jogador do Besiktas, da Turquia, time pelo qual realizou apenas três partidas na temporada 2011/2012. Reserva não utilizado, ele atribuiu ao técnico Carlos Carvalhal o fim do vínculo no lugar em que foi recebido como astro.

Depois de uma série de rumores dando conta da rescisão, o jogador de 35 anos decidiu abrir mão de mais seis meses de contrato junto ao clube turco para receber o valor da multa contratual e não vestir mais a camisa do Besiktas: "Posso dizer pela minha boca que rescindi com o Besiktas. O treinador (Carlos Carvalhal) é o único responsável por eu não ter continuado no clube e o meu futuro ainda é incerto. Tenho dois meses pensar no que vou fazer".

Revelado pelo Real Madrid em 1994, o jogador permaneceu no clube merengue até 2009, quando se desentendeu com o técnico Juande Ramos e acabou acertando com o Besiktas. Na época, a imprensa europeia especulou que Guti teria sido oferecido por seus empresários ao Corinthians , onde seguiria os passos de Ronaldo, que havia sido seu companheiro no Real.

Mesmo com a grave lesão no início da temporada, o espanhol se recuperou e ficou à disposição de Carvalhal, mas acabou utilizado apenas diante do Kayserispor pela Superliga Turca e nas duas partidas diante do russo Alania pela Liga Europa. Na vitória por 3 a 0 em casa, Guti marcou de pênalti aos 30 minutos do segundo tempo.

Dessa forma, se encerra a passagem apagada do espanhol pelo Besiktas, onde foi recebido com festa na última temporada, mas não conseguiu render o esperado. O provável destino de Guti é o americano Los Angeles Galaxy, que deve perder o também ex-galático David Beckham.

Leia tudo sobre: GutiBesiktasReal MadridCorinthiansfutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG