Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Antes sem espaço, Chico aproveita brecha e se junta à "família Scolari"

"Para entrar no time, temos de tentar sempre algo a mais, inclusive improvisando um pouco", disse volante

Gazeta |

Contratado no fim de janeiro, com o Campeonato Paulista já iniciado, Chico ainda não conseguiu mostrar no Palmeiras o futebol que o credenciou como destaque no Atlético-PR. Foram apenas 16 jogos, poucos deles como titular. Agora, com a equipe desfalcada e se reformulando no início do Brasileiro, ele tenta aproveitar a brecha para mostrar trabalho ao técnico Luiz Felipe Scolari.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

"Quando cheguei, o time já estava entrosado e em uma crescente muito boa, e eu sabia que teria que trabalhar para fazer parte do grupo. Estou tentando me ambientar à família Scolari, como todos dizem. Se aparecer a oportunidade, vou tentar agarrá-la para não sair mais do time", disse o volante.

Entre para a Torcida Virtual do Palmeiras e convide todos seus amigos

Ao menos pelo último coletivo, a chance virá no domingo, diante do Cruzeiro. O time treinado não teve nenhum meia armador - Valdívia e Lincoln ainda não têm condições de jogo, enquanto Patrik acabou de se recuperar de conjuntivite -, e Chico foi titular juntamente com outros dois volantes, Marcos Assunção e Márcio Araújo. Na segunda parte da atividade, ele foi deslocado à defesa para fazer dupla com Thiago Heleno.

"O grupo tem cinco volantes de ofício, e quem está jogando está indo super bem. Quando o João Vítor entrou, conseguiu fazer o que foi pedido. Para entrar no time, temos que tentar sempre algo a mais, inclusive improvisando um pouco. Eu tenho treinado como zagueiro, o João já foi lateral. Se no meio-campo está difícil, vamos tentar procurar outras brechas", emendou, rindo.

Apesar da concorrência difícil, a posição pode perder uma importante peça em breve. Homem das bolas paradas, Marcos Assunção, que tem contrato até o fim de julho, ainda não renovou seu vínculo, recebeu proposta melhor para defender o Bahia e pode abandonar a "família Scolari".

Leia tudo sobre: palmeiraschicobrasileirão 2011felipão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG