Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Antes invicta, defesa vira alvo de críticas

Espaços deixados pelo lateral Diego Renan no lado esquerdo preocupam o técnico Cuca

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Até o clássico contra o Atlético-MG, a defesa do Cruzeiro vinha muito bem na temporada, sem sofrer nenhum gol em três partidas. No entanto, no primeiro grande teste de 2011, o setor não foi bem e sofreu com as investidas dos velozes atacantes atleticanos. Novamente o time de Cuca sofreu quatro gols em um clássico, como já havia acontecido no Campeonato Brasileiro do ano passado.

O zagueiro Léo não mostrou seu melhor futebol no clássico. O jogador foi facilmente envolvido pelo ataque rival, principalmente por Magno Alves, que deu muito trabalho na primeira etapa. Amarelado, o jogador foi substituído no intervalo por Edcarlos.

Vipcomm
Segundo técnico Cuca, zaga do Cruzeiro foi mal no clássico diante do Atlético-MG
Outro ponto que chamou a atenção do técnico Cuca foi o espaço deixado pelo lateral Diego Renan pelo lado esquerdo. “Era uma zaga que não tinha tomado gol até aqui, mas que foi mal no jogo. Tomamos muitas bolas nas costas no nosso lado esquerdo do Diego Renan.O Pablo estava marcando melhor que o Diego pela direita, por isso eu inverti”, explicou o técnico cruzeirense.

Suspensos
Para o compromisso contra o Ipatinga, no próximo sábado, o técnico Cuca não poderá contar com sua zaga titular. Tanto Léo quanto Gil levaram o terceiro amarelo contra o Atlético-MG e não jogam. O uruguaio Victorino deve fazer sua estreia com a camisa cruzeirense caso seja regularizado a tempo. A outra vaga deve ficar com Edcarlos. Naldo e Fabrício Carioca correm por fora na disputa.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG