Tamanho do texto

Camisa 10 vem sendo criticado pela ausência de gols na Copa América. Time precisa vencer Costa Rica às 21h45

Depois de Maradona, de Sérgio Batista, dos próprios companheiros de seleção e até do treinador da Costa Rica apoiarem Messi chegou a vez dos torcedores argentinos. Em frente ao estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, uma faixa chama atenção. “Paz para Messi” é o que está escrito no pedaço de pano azul e branco, corres da bandeira argentina.

“Viemos aqui para apoiá-lo. Basta de criticar o melhor do mundo aqui no nosso país”, afirmou Mariano Laniere, que teve a ideia de levar a faixa para o estádio. Na última quinta-feira, em Santa Fé, Messi chegou a ser vaiado após o empate com a Colômbia.

Em frente ao estádio Mario Kempes, em Córdoba, torcida pede paz para Messi
Paulo Passos
Em frente ao estádio Mario Kempes, em Córdoba, torcida pede paz para Messi


“O que querem? Que ele drible sete jogadores, faça o gol e ainda cante o hino? Deixem ele jogar”, gritava Mariano, que saiu de Tucumán, no noroeste da Argentina. Até mesmo o fato do astro do Barcelona não cantar o hino argentino como outros jogadores o levou a ser criticado pela imprensa local.

Com Messi em campo, a Argentina enfrenta a Costa Rica, às 21h45. A seleção tem dois pontos no grupo A e precisa vencer para garantir classificação às quartas de final. Mesmo com uma vitória, a equipe não ficará em primeiro do grupo e poderá enfrentar Uruguai e Chile na próxima fase. Se perder, os argentinos estarão fora do torneio e empatando, eles precisam de uma combinação de resultados para avançar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.