Tamanho do texto

Jogadores treinarão cobranças nesta sábado, véspera do jogo contra o Paraguai, pelas quartas de final da Copa América

Fred treina cobranças de pênalti em Los Cardales. Neste sábado, Mano definirá batedores do time
Ricardo Stuckert/ CBF
Fred treina cobranças de pênalti em Los Cardales. Neste sábado, Mano definirá batedores do time
Até agora, eles serviram para Julio Cesar provocar Neymar, Robinho tirar onda com o goleiro e Elias virar motivo de piada entre os jogadores da seleção. Neste sábado, entretanto, o treinamento de cobranças de pênaltis virou coisa séria.

O Brasil pode decidir a vaga contra o Paraguai assim, neste domingo, às 16h, em La Plata. Por isso, a comissão técnica do Brasil marcou para o treino deste sábado um trabalho para testar os jogadores e definir os cobradores. O treino foi feito de forma discreta. Enquanto os jogadores participavam do rachão, Mano chamava dois cobradores por vez para testar. O chutes eram feitos no gol que fica longe das câmeras para evitar imagens dos jogadores.

Na era Mano Menezes, a seleção teve apenas um pênalti a seu favor. Neymar cobrou em um amistoso contra a Escócia, em março, e marcou. Caso o jogo contra o Paraguai termine empatado, haverá prorrogação. Se o placar permanecer igualado, os times decidirão a vaga nas semifinais em cobranças de pênalti.

Durante o período de treinamentos em Los Cardales, os jogadores da seleção trabalharam cobranças de pênalti. Elano, Jadson, Fred, Robinho, Pato, Lucas, Robinho e Elias foram os que mais testaram a pontaria. O ex-corintiano, atualmente no Atlético de Madri, teve o pior desempenho e sofreu com provocações dos colegas.

Até o técnico da seleção brasileira entrou na brincadeira, em um treinamento antes do segundo jogo na Copa América, contra o Paraguai, ainda na primeira fase. Mano Menezes foi ver de perto as cobranças de pênalti. Quando, Elias conseguiu marcar, após muitas tentativas frustradas, os companheiros comemoram como se fosse um gol durante um jogo.

“Agora que você marcou, é melhor ir embora. Melhor ficar com a última impressão..”, brincou o técnico, enquanto o volante saia do gramado rindo.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.