Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ansiedade e fuso horário ainda preocupam o Inter para estreia no Mundial de clubes

Alguns jogadores, como Nei, não conseguem dormir direito. Atletas estão proibidos de tomar remédio, e D¿Alessandro diz que estômago sobe e desce devido à tensão do primeiro jogo

Marcel Rizzo, enviado iG a Abu Dhabi |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882543774&_c_=MiGComponente_C

O fuso horário ainda atormenta os jogadores do Internacional.  A diferença de seis horas (para mais) entre Porto Alegre e Abu Dhabi, sede do Mundial de clubes, faz com que alguns jogadores ainda não consigam dormir bem.  A estreia do Inter na competição, já na semifinal, acontece nesta terça-feira, 14h de Brasília (20h local), contra o Mazembe, africano da República Democrática do Congo. O trio de arbitragem foi definido neste domingo.

Não consigo dormir. É 3h, 4h da manhã. Tem a tensão antes da estreia ainda, mas é um pouco esse fuso que complica, disse o lateral-direito Nei. Mas vou estar bem acordado no jogo.

A comissão técnica proibiu os atletas de tomarem remédio para dormir para acelerar a adaptação. O temor é que na hora do jogo na terça-feira, noite em Abu Dhabi, tarde no Brasil, os jogadores estejam cansados, já que no Brasil será horário pós-almoço, e o corpo sinta que precisa de descanso.

Eu estou bem. Só hoje (domingo) que acabei almoçando e dormindo de tarde. Não deixa nem o pessoal ouvir porque nos pediram para não cochilar depois do almoço aqui, disse Giuliano, que começará a partida no banco de reservas.

Segundo o departamento médico do Internacional, o ideal para a adaptação do fuso é de três a quatro dias. A delegação do Inter desembarcou nos Emirados Árabes Unidos dia 9 de dezembro, cinco dias antes de estrear na competição.

Só que tem um jogador que admitiu que não deve dormir bem até a estreia. O meia argentino DAlessandro disse estar bastante nervoso para o jogo contra o Mazembe e quer jogar o quanto antes.

Não estou dormindo direito, talvez um pouco por causa do fuso, talvez pela ansiedade. Acho mais pelo nervosismo mesmo. Meu estômago desce e sobe, está difícil mesmo.

Leia tudo sobre: internacionalmundial de clubes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG