Jejum de títulos faz torcedor cobrar os jogadores se gol não sai nos primeiros minutos, diz Eduardo Costa

O caldeirão de São Januário tem ajudado o Vasco a pressionar o time adversário. Mas os resultados, nos últimos jogos, não têm sido tão satisfatórios. O time carioca não vence em casa desde 9 de abril, e, pela Copa do Brasil, foram três empates nas últimas três partidas - contra Náutico, Atlético-PR e Avaí .

O volante Eduardo Costa encontrou uma explicação para o fato. A resposta, segundo o jogador, está na ansiedade do torcedor.

"A ansiedade é fruto da situação que vive o clube, que está há muito tempo sem ganhar nada. A torcida fica muito impaciente. Se o time não fizer gol logo, a torcida vai para cima. Por isso temos que ter um pouco de tranquilidade. Em certos momentos, não se pode ouvir muito o torcedor. Devemos nos concentrar só no jogo", comentou o volante, confirmado entre os reservas na partida deste sábado, contra o Ceará, pela rodada de abertura do Brasileiro, em Fortaleza.

Na quarta, o Vasco fará o jogo de volta contra o Avaí, na Ressacada, valendo vaga na final da Copa do Brasil. O primeiro jogo, disputado na última quarta-feira, terminou com empate por 1 a 1 .

A presença de Eduardo Costa contra o Ceará se deve à necessidade de ganhar ritmo. O volante tem boas chances de ser confirmado também no jogo do meio de semana. Experiente, avisa que o Vasco tem condições de vencer e carimbar o passaporte para a finalíssima.

"Vai ser um jogo complicadíssimo, de muita inteligência. Nesse tipo de competição, tem que entrar pra ganhar, mas tem que ir lá com muita calma. Às vezes, um 0 a 0 é melhor do um 2 a 1. Não se pode sofrer gol em casa", alerta o volante.

O jogador gostou de ser confirmado no sábado. "Sem dúvida, a prioridade hoje é a Copa do Brasil. Mas estamos começando o Brasileiro, no qual as primeiras rodadas pesam muito no final. Vamos ter que poupar alguns titulares, mas buscar a vitória. Em competições de pontos corridos, é importante ganhar e somar pontos no começo. Do meio para frente, a competição afunila e estes pontos farão falta. Por isso, mesmo com os reservas, a obrigação é vencer."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.