Tamanho do texto

Pivô da confusão no Ceará, assistente volta a trabalhar em jogo do Fla, quarta-feira, contra o Palmeiras

Ronaldo Angelim corre atrás de Juan no seu reencontro com Braatz
Vipcomm
Ronaldo Angelim corre atrás de Juan no seu reencontro com Braatz
A eliminação da Copa do Brasil deste ano para o Ceará é algo que ainda povoa a mente dos jogadores do Flamengo , principalmente, o zagueiro Ronaldo Angelim , um dos personagens daquele jogo. Contra o Palmeiras , quarta-feira, no Pacaembu, pela 10 a rodada do Campeonato Brasileiro, ele vai encontrar o assistente Roberto Braatz (PR), a quem não consegue perdoar. Será a segunda vez nas últimas três rodadas da competição.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

“Quando uma pessoa me prejudica, não esqueço nunca mais”, afirmou Ronaldo Angelim, que está em sua sexta temporada no Flamengo.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide seus amigos

Braatz foi o responsável pela marcação da falta que causou a expulsão de Ronaldo Angelim ainda no primeiro tempo do jogo com o Ceará, na volta do confronto válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. Até então, o Flamengo vencia por 2 a 1 e levava a decisão para as cobranças de pênaltis. Mas o empate em 2 a 2 acabou eliminando o time.

O primeiro encontro entre eles depois daquele jogo aconteceu na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo , pela oitava rodada, no dia 6 de julho. Não passou em branco. Angelim chegou a reclamar com o árbitro Marcio Chagas da Silva (RS) da atuação do assistente.

“Ele me irritou de novo. Eu sofri uma falta e ele não marcou. Reclamei e depois fui falar com o árbitro que se fosse ao contrário ele teria marcado”, afirmou Angelim, que vai disputar seu quinto jogo consecutivo como titular, tendo vencido os últimos quatro .