Em jogo de viradas, golaços e emoção, o time da casa conseguiu um gol aos 45 minutos do segundo tempo

O México, anfitrião do Mundial Sub 17, está classificado à final da competição para enfrentar o Uruguai, algoz do Brasil na semifinal. Nesta quinta-feira, os donos da casa contaram com o apoio da torcida em Torreón para conseguirem uma vitória épica contra a Alemanha: o gol da vitória de virada por 3 a 2 aconteceu aos 45 minutos do segundo tempo.

O jogo começou quente e Julio Gomez aproveitou cruzamento de Jorge Cabellero pela esquerda e, de cabeça, abriu a contagem para o México. A resposta foi rápida: aos dez minutos, o artilheiro Yesil arriscou de fora da área e deixou tudo igual. Foi o sexto gol do atacante.

No segundo tempo, belos gols. Aos 15 minutos, o capitão Emre Can disparou com a bola dominada, passou por dois mexicanos e tocou na saída de Sánchez para colocar a França na frente. O México passou a correr contra o tempo para não desapontar os fanáticos.

O empate veio em grande estilo, aos 31. Espericueta marcou um gol olímpico e deixou os torcedores eufóricos nas arquibancadas. Depois de muita insistência, Julio Gomez aproveitou cobrança de escanteio aos 45 minutos da etapa final e, de bicicleta, classificou os anfitriões.

O México briga pelo segundo título na competição contra o Uruguai, que jamais disputou uma final. A grande decisão será no domingo, às 20 horas (de Brasília), na Cidade do México. Mais cedo, às 17 horas, brasileiros e alemães duelam na briga pelo terceiro lugar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.