Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Anfitrião generoso, Salgueiro recebe Goiás

Time pernambucano conquistou apenas três pontos jogando em seus domínios no Campeonato Brasileiro da Série B

Gazeta |

Em três partidas realizadas dentro de casa, o Salgueiro conquistou apenas três pontos, na vitória sobre o Duque de Caxias, pela segunda rodada. O time, que manda seus jogos no Estádio Ademir Cunha, em Paulista, se prepara para receber, neste sábado, às 16h20 (de Brasília) o Goiás, que, por sua vez, também não vive um bom momento no Campeonato Brasileiro da Série B.

Com cinco pontos conquistados, em igual número de jogos, o Salgueiro ocupa a 15ª colocação, o que ainda não é motivo de desespero para o técnico Neco. "Não adianta de nada perder a cabeça. Perder em casa faz parte do futebol e um bom elenco tem que saber assimilar um tropeço. Vamos continuar trabalhando forte e corrigir as falhas que voltamos a repetir", afirmou, confiante.

Para o confronto deste sábado, o Carcará tem apenas dois desfalques. O meia Clebson, que foi expulso diante do Náutico, cumpre suspensão e deve ser substituído por Edmar. O zagueiro Alex Xavier, que é capitão do time, sentiu lesão na panturrilha e fica 20 dias longe dos gramados. Quem deve ocupar a vaga do capitão é Henrique.

O restante do time deve ser o mesmo que perdeu por 2 a 0 para o Náutico. Segundo o técnico Neco, não há porque mudar. "Quem perdeu fui eu. Eu que coloquei os jogadores em campo. Mas não vou mudar o nosso esquema, pois ele vinha dando certo. E não vai ser por causa dessa derrota que que vou mudar", disse.

Enquanto isso, o Esmeraldino também tenta se recuperar de um revés. Em pleno Serra Dourada, o Goiás foi pressionado durante os 90 minutos e acabou sendo derrotado por 3 a 0 pelo Paraná Clube.

A diretoria do clube havia vendido ingressos a preços promocionais e os mais de 21 mil torcedores presentes se decepcionaram. De acordo com o treinador Artur Neto, a derrota foi um alerta de que existe a necessidade de reforçar o elenco. "A gente vê com tristeza porque sabe que não faltou luta, não faltou disposição até o final, até disse isso para eles. O clube continua tentando trazer jogadores, há uma necessidade de dar um suporte maior para a equipe e esperamos que cheguem", disse.

Com seis pontos ganhos, a equipe está na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro e deve ter uma alteração tática para o jogo de sábado. A ideia de Artur Neto é lançar mão do esquema 3-5-2, deixando de lado o 4-4-2 das primeiras rodadas.

O lateral esquerdo Digão e os volantes Amaral e Marcelo Costa devem ir para o banco de reservas, dando espaço ao experiente zagueiro Marcão, ao ala Oziel e ao volante Zé Antônio, reforçando a marcação.

FICHA TÉCNICA
SALGUEIRO X GOIÁS
 
Local: Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE)
Data: 18 de junho de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Antônio Hora Filho
Assistentes: João Carlos de Jesus Santos e Izac Marcio da Silva Oliveira

SALGUEIRO: Marcelo; Marcos Tamandaré, Henrique, Alemão e Piauí; Josa, Pio, Mateus e Edmar; Fagner e Fabrício Ceará
Técnico: Neco

GOIÁS: Harlei; Rafael Tolói, Ernando e Marcão; Valdir Lima, Carlos Alberto, Zé Antônio, Diniz e Oziel; Felipe Amorim e Hugo
Técnico: Artur Neto

Leia tudo sobre: SalgueiroGoiásSérie B

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG