Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Andrés Sanchez assume ônus pelo fracasso de Adriano no Corinthians

Ex-presidente admitiu que contratação foi errada, mas disse que torce pela recuperação do atacante

Paulo Passos, iG São Paulo |

Gazeta Press
Andrés abraça Adriano na sua chegada ao Corinthians, 31 de março de 2011
O ex-presidente do Corinthians , Andrés Sanchez, admitiu nesta segunda-feira sua parcela de culpa pelo fracasso da passagem de Adriano pelo clube. Responsável pela contratação do atacante há um ano, o atual diretor de seleções da CBF disse que torce pelo sucesso do jogador, que deve acertar com o Flamengo .

Leia também: Adriano é examinado por médico do Flamengo diz que está "em casa"

"Cada um tem a sua decisão. Assumo até 11 de fevereiro (data em que deixou a presidência) o que ele fez. Hoje tem o ônus. Foi triste para os dois lados. Demorou. O que precisar de mim estou à disposição", disse Andrés. "Eu assumo todo ônus que tiver. Não quero mais falar porque não sou mais presidente do Corinthians", completou.

E mais: Diretor diz que Corinthians errou ao dar "carinho demais" a Adriano

Andrés também tratou como hipocrisia a forma como se lida com o problema do álcool no futebol brasileiro. Adriano tem o hábito de beber. "Mas se tiver problema de embriaguez, não tem mais futebol no Brasil", comentou. Adriano foi demitido por justa causa .

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Andrés negou que esteja decepcionado e disse que sabia que a contratação era um risco. "Não é que me decepcionei. Ele teve uma contusão grave. Vale a pena os gols, mas às vezes não é que o você está esperando. O Adriano é nível de seleção. Contratei, não deu certo. Mas teve outros que acharam que não ia dar certo, mas deu", comentou. Andrés costuma citar o atacante Willian como exemplo de jogador que chegou sem bajulação e se transformou em peça importante para o time.

E mais: Adriano jogou apenas 350 minutos e cada gol custou R$ 2,4 milhões ao Corinthians

"O Adriano é um grande atleta, grande pessoa. Tem seus problemas particulares, que infelizmente só ele pode consertar. Acabou de maneira triste para os dois lados. Que ele tenha sucesso em outro clube", completou. Adriano não aceitou ser demitido por justa causa e promete entrar na justiça contra o Corinthians .

Leia tudo sobre: corinthiansadrianoandrés sanchez

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG