Se Manchester City não aceitar oferta agora, Corinthians fará mesma oferta no fim do ano

O presidente do Corinthians , Andrés Sanchez, não está disposto em alterar a forma de pagamento e nem em aumentar a oferta ao Manchester City para ter Carlitos Tevez no clube paulista a partir do dia 20 de julho, data limite para inscrição de jogadores vindos exterior.

O clube inglês rejeitou a primeira oferta de R$ 90 milhões feita pelo Corinthians para serem pagas em quatro parcelas até 2015, mas está disposto em receber este valor em dois anos. Andrés, contudo, diz que não fará loucuras.

“Aí não (diminuir parcelas), porque vou mexer num dinheiro do próximo presidente. Se eu mexer, atrapalha e eu não posso tirar mais que o dobro desse valor que ainda vai sobrar da cota de TV. Mesmo assim, vai ser muito mais dinheiro, mesmo sem contar patrocínio e ingresso. É suficiente para manter o clube”, disse Andrés, após a vitória corintiana sobre o Inter nesta quinta-feira. "Eu não aumento nenhum centavo", completou.

A proposta corintiana para pagar por Tevez é de usar 20 a 25% do que o clube receberá da Rede Globo a partir do ano que vem para repassar ao City. Os valores não são revelados, mas são próximos a R$ 100 milhões por ano.

Segundo Andrés, se a resposta positiva dos ingleses não vier até o fechamento da janela, a proposta será mantida para o final do ano. “A mesma oferta vale para o começo do ano que vem. Não tem problema, até final do ano pelo menos, enquanto eu for presidente”, disse o dirigente corintiano, que deixa o cargo na metade de dezembro. Ele espera que seu candidato, Mário Gobbi, mantenha a mesma postura.

O presidente corintiano disse ainda que a Juventus tem uma oferta de 52 milhões euros por Tevez, mas que a vontade do argentino em voltar para a América do Sul deve pesar. “Eles (City) têm de decidir se querem vender ou não. Eles têm proposta de 52 milhões de euros da Juventus e tem de definir. Mas eu falo há três anos que quando jogar bate o pé, ele vai para onde quer”, disse Andrés.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.