Tamanho do texto

Presidente do Corinthians diz que estádio em Itaquera estará pronto para a Copa do Mundo

Após prever para janeiro, fevereiro, março e, depois, abril o início das obras do estádio que será construído em Itaquera, o presidente do Corinthians Andrés Sanchez se nega a dar uma nova data. Segundo o dirigente, faltam apenas pequenos trâmites burocráticos para os trabalhos começarem.

“Eu não sei, eu não falo mais nada. Minha data era abril e já menti”, afirmou Andrés Sanchez ao ser perguntado sobre o início das obras. “Eu não minto mais para o meu torcedor. Eu falei março e errei, falei abril e errei”, completou.

Presidente do Corinthians foi à Assembléia Legislativa de São Paulo falar sobre o estádio de Itaquera
AE
Presidente do Corinthians foi à Assembléia Legislativa de São Paulo falar sobre o estádio de Itaquera


Um dos entraves para o início das obras foi derrubado na última quarta-feira, quando o Corinthians, a prefeitura de São Paulo e o Ministério Público assinaram um acordo para o pagamento de uma dívida do clube . A equipe paulista terá que pagar R$ 12 milhões, que serão convertidos em contrapartidas sociais, porque não cumpriu o acordo inicial para a construção do estádio no terreno de Itaquera, cedido em 1988, pela prefeitura. Segundo o MP, o Corinthians deveria ter construído sua arena em, no máximo, cinco anos.

Andrés não quis adiantar que contrapartidas serão executadas pelo clube. “Não posso falar. Só sei que é o maior acordo que já houve com o MP de São Paulo”, disse o mandatário corintiano.

O estádio de Itaquera está previsto para receber a abertura da Copa do Mundo de 2014. Quando o projeto foi lançado em 2010, a previsão é de que receberia também as partidas da Copa das Confederações de 2013.

Com os atrasos na obras, entretanto, o Corinthians e o Ministro do Esporte, Orlando Silva, já admitem que a arena não estará pronta para o torneio, que serve como preparação para o Mundial . “Copa das Confederações em São Paulo já era”, afirmou Andrés Sanchez.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.