Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Andrés diz que se não for campeão, Corinthians perderá título para ele mesmo

Presidente corintiano absolve rivais de marmelada e diz que erros do próprio time serão os responsáveis por eventual perda do campeonato

Bruno Winckler, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854207424&_c_=MiGComponente_C

A provável perda do título brasileiro pelo Corinthians tem um único culpado na visão do presidente do clube, Andrés Sanchez: o próprio Corinthians. Logo após a vitória por 2 a 0 sobre o Vasco, o mandatário corintiano concedeu entrevista coletiva e disse não acreditar que o rivais São Paulo e Palmeiras tenham facilitado a vida do líder Fluminense nas duas últimas rodadas só para prejudicar o Corinthians.

Se a gente não for campeão o culpado por isso será nós mesmos. Perdemos para Atlético Goianiense em casa, empatamos com o Ceará. Eu acho que o Palmeiras perder para o Fluminense é normal, o Corinthians perder para o Flamengo (na penúltima rodada do Brasileiro de 2009) é normal e o São Paulo perder para o Fluminense é normal. Apesar de todo mundo falar que é marmelada, não acredito. Eu já quero ir embora do futebol. Se isso existir, vou embora antes ainda, disse Sanchez.

Vídeo: Técnico e presidente do Corinthians falam sobre chances de título


O Fluminense tem 68 pontos, um a mais que o Corinthians, e se vencer o Guarani no Engenhão, no mesmo dia, será campeão brasileiro.

No começo do campeonato, São Paulo e Inter jogavam com reservas e ninguém falava nada. Chega no final e todo mundo reclama. Cada um escala quem quiser. As pessoas querem que eu venha chorar aqui. Não adianta ficar reclamando desse ou daquele, completou Sanchez, defendendo que cada clube escale quem bem entender em seus jogos em resposta a uma pergunta sobre uma possível falta de motivação dos rivais São Paulo e Palmeiras nas partidas contra o Fluminense.

O presidente corintiano disse ainda que apesar de o Corinthians chegar à última rodada dependendo de outros times, aposta que não faltará empolgação ao torcedor corintiano na partida contra o Goiás, dia 5, no Serra Dourada.

Falta um jogo e temos que fazer a nossa parte, torcendo para o Fluminense tropeçar. A torcida vai invadir Goiânia e vamos fazer uma grande festa lá, independentemente do resultado. Não foi um ano vitorioso por não termos conquistado um título, mas o Corinthians é maior do que qualquer campeonato, disse.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG