Ex-presidente do Corinthians afirma que clube já tem negociação adiantada com empresa interessada em patrocinar arena

Ainda sem conseguir um patrocinador que banque parte da obra do estádio em Itaquera, o ex-presidente do Corinthians , Andrés Sanchez , afirmou que já tem uma empresa interessada no 'naming rights do estádio'. O cartola, entretanto, diz que o clube não anunciou nada devido à eleição para presidência do clube, que ocorre no próximo dia 11.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Isso já está bem adiantado. Depois que o novo presidente ganhar, em 30, 40 dias sai o naming ritgths”, afirmou Andrés, em sabatina organizada pelo jornal Folha de S. Paulo e pelo UOL. O dirigente apoia Mário Gobbi, favorito na disputa contra o opositor Paulo Garcia.

Leia também: Em visita a Itaquera, ministro defende dinheiro público em estádio

O custo da obra do Itaquerão é de mais de R$ 800 milhões. O Corinthians acredita que conseguirá até R$ 400 milhões com o 'naming rights' da arena, o que nenhuma empresa até agora bancou.

Veja ainda: Estádio do Corinthians ganha lajes de estacionamento

Andrés, que está licenciado do cargo de presidente do Corinthians e que atualmente é diretor da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), afirmou que o estádio corintiano não custará R$ 1 bilhão. O valor foi cogitado pelo próprio dirigente em entrevistas em 2011.

E mais: Futuro estádio do Corinthians ganha as primeiras arquibancadas

Ao assinar um contrato de 'naming rights', o patrocinador banca boa parte da obra de um estádio, que passa a ter o nome da empresa. É o caso, por exemplo, do Emirates Stadium, do Arsenal, da Inglaterra.

Ajude a aumentar a torcida virtual do Corinthians

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.