Embora ainda não tenha condição de atuar os 90 minutos, André deseja a primeira oportunidade como titular

Presente nas duas últimas partidas do Atlético-MG , inclusive fazendo o gol da vitória sobre o Fluminense , o atacante André vive a expectativa de ser titular diante do Grêmio , no jogo desta quarta-feira, em Porto Alegre. O técnico Dorival Júnior ainda não confirmou a equipe que vai começar a partida, mas o atacante que tem duas semanas de clube não esconde o desejo de estar na formação inicial, a primeira desde que chegou à Cidade do Galo.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

O único empecilho, no entanto, é a falta de capacidade de suportar os 90 minutos. Apesar de passar muita vontade de estar em campo, André não esconde que ainda não suportaria atuar uma partida completa. “Ainda é difícil falar que suporto os 90 minutos, mas estou bem melhor do que quando cheguei. Estou trabalhando para melhorar a cada dia. Acho que 90 ainda é complicado, mas estou preparado para ajudar. Se for por 90 ou 45 minutos a escolha é do Dorival, vou me concentrar e procurar fazer um grande jogo”, comentou André, que diz não ter conversado com o treinador sobre o seu aproveitamento diante do Grêmio.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

null

“Ainda não sei se vou começar como titular, está a critério do Dorival, mas se ele optar por mim vou ficar feliz por começar o jogo”, disse em entrevista à Rádio Globo.

Enquanto não tem a titularidade confirmada, André segue o trabalho de condicionamento físico. O camisa 90 do Atlético-MG segue com bastante calma e paciência, aguardando o momento em que for escolhido por Dorival Júnior.

“É complicado, ainda mais pra mim, que tenho apenas 20 anos. Por mim já teria jogado desde quando cheguei. Mas é ter paciência, o Dorival vai colocar na hora certa, as coisas vão acontecer na hora. Então é trabalhar para estar pronto quando a oportunidade chegar”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.