Mesmo sem usar todos seus titulares, o atual campeão inglês conseguiu três gols no segundo tempo e venceu

Ainda sem escalar nomes como os zagueiros Ferdinand e Vidic, o meio-campista Fletcher, e utilizando Park, Giggs e Chicharito apenas na segunda etapa, o Manchester United mostrou força com seus garotos nesta segunda-feira e bateu o Tottenham por 3 a 0, sem passar sustos no estádio Old Trafford.

Os gols foram marcados pelo jovem Welbeck, que ainda deu linda assistência de calcanhar para Anderson, autor do segundo gol. O terceiro saiu após boa jogada de Giggs, completada por Rooney. Chamou atenção a facilidade com que os donos da casa construíram o triunfo, diante de um dos times ingleses que mais se destacaram na temporada passada.

Com o resultado, o United chega à segunda vitória em dois jogos, se igualando em número de pontos ao conterrâneo City e ao Wolverhampton na liderança do torneio. Na próxima rodada, os "Diabos Vermelhos" encaram o clássico com o Arsenal , novamente em casa, enquanto os Spurs, que estrearam com essa derrota, tentam se recuperar recebendo o Manchester City .

O Jogo
A partida começou com os donos da casa tentando impor pressão sobre os londrinos, aproveitando a rapidez de Rooney e Welbeck na armação das jogadas. Logo aos sete minutos, Rooney achou Cleverley na frente e o meio-campista bateu com perigo para boa defesa de Friedel.

Com os visitantes fechados no campo de defesa, os lances demoraram a sair. Outra chance só foi aparecer aos 28 minutos, quando Rooney alçou bola na área e Young cabeceou com consciência, no ângulo de Friedel, mas acabou mandando a redonda por cima da trave.

Equilibrando as ações, o Tottenham passou ter mais a posse de bola, mas não conseguiu nenhum lance de perigo na primeira etapa. Na melhor das oportunidades, já nos acréscimos, Defoe arriscou de muito longe e a bola passou ao lado do gol de De Gea, que apenas observou.

No segundo tempo, a pressão dos "Diabos Vermelhos" voltou ainda mais intensa, e logo deu resultado. Aos 15 minutos de bola rolando, Cleverley acertou bom cruzamento e Welbeck colocou de cabeça, no ângulo de Friedel, que ficou parado e viu a redonda morrer no fundo das redes.

Pouco depois, aos 19, Rooney bateu linda falta e o goleiro do time londrino, do alto de seus 40 anos, se esticou todo para fazer a defesa. Cinco minutos mais tarde, Welbeck, de bicicleta, e Evans também pararam na excelente performance do arqueiro americano.

Aos 30 minutos, porém, não teve jeito. Em jogada trabalhada, Anderson recebeu na entrada da área, tabelou com Welbeck, que devolveu de calcanhar, e tocou para o gol com Friedel já batido. Com o jogo decidido, os experientes Park e Giggs, além de Chicharito Hernandez, revelação da temporada passada, entraram.

E ainda deu tempo dos 'velhos' mostrarem serviço para Alex Ferguson. Em lance construído pela direita, Giggs cruzou de direita na cabeça de Rooney, que subiu com estilo e testou para dar números finais à superioridade dos Diabos Vermelhos: 3 a 0.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.