Tamanho do texto

Tevez, Torres, Berbatov, Pavlyuchenko, Cavani e Llorente são outros jogadores que o treinador sonha em ter à disposição no futuro

O italiano Carlo Ancelotti, técnico do PSG, espera conar com uma série de reforços à disposição na próxima temporada. O treinador afirmou que muitos jogadores desejam se mudar para Paris e defender  a equipe francesa. Entre eles, estão dois brasileiros: Kaká e Alexandre Pato , que ele sonha ter à disposição a partir de junho.

Veja ainda: Blatter vê Platini pronto para sucedê-lo na Fifa

"Vocês querem nomes? Tevez, Torres, Berbatov, Pavlyuchenko, Cavani, Llorente... Não, Cavani só em junho. Kaká também poderia ser liberado em junho", revelou o treinador. "Pato? É uma história estranha, acho que tem alguma coisa que não sabemos. Veremos. Para janeiro, o assunto está encerrado. Já em junho...", afirmou o italiano.

Leia também: Efeito Pato impede a circulação de R$ 137 milhões no mercado europeu

Na última quinta-feira, fontes ligadas ao clube parisiense e ao seu proprietário, o fundo de investimento QSI, chegaram a afirmar que tinham chegado a um acordo com o Milan para a transferência de Pato, mas poucas horas depois, o próprio jogador declarou num comunicado publicado no site do clube italiano que preferia permanecer na Itália.

E mais: Após "não" de Pato, PSG entra na briga por Tevez

O treinador também fez questão de elogiar o elenco atual do PSG, inclusive o meia brasileiro Nenê, artilheiro da equipe na temporada passada. "Tenho um ótimo grupo. Pastore, Menez e Nenê são os mais conhecidos, mas Bodmer é um ótimo volante, Sirigu é um bom goleiro e o zagueiro Sakho tem um potencial enorme", explicou.

Ancelotti também comentou a demissão do seu antecessor, o francês Antoine Kombouaré. "Foi um pouco inusitada já que ele deixou o time na liderança. Se eu não conquistar o título nesta temporada, vou fazer papel de bobo, não posso negar", disse.