Seleções jogariam nesta quarta em Londres. Motivo é a onda de violência que assola capital inglesa. 70 mil ingressos haviam sido vendidos

O amistoso entre Inglaterra e Holanda, marcado para esta quarta-feira, foi cancelado, informou a FA (Associação de Futebol da Inglaterra). O motivo é a onda de violência que assola Londres, cidade onde a partida seria realizada. 70 mil ingressos já haviam sido vendidos.

"Suspendemos com pesar a partida internacional contra a Holanda, em Wembley", disse a entidade em comunicado oficial. Em seu Twitter, o diretor da FA, Adrian Bevington, escreveu que o cancelamento é "decepcionante", mas que a decisão é "sensata".

LEIA TAMBÉM: Jogadores da seleção inglesa criticam onda de violência em Londres

Antes do anúncio do cancelamento, seleção inglesa treinou normalmente para encara Holanda
Getty Images
Antes do anúncio do cancelamento, seleção inglesa treinou normalmente para encara Holanda

A decisão de cancelar o confronto entre Inglaterra e Holanda foi um pedido da Scotland Yard, em conjunto com a prefeitura de Londres e o governo britânico. A polícia alegou que não poderia garantir a segurança de jogadores e torcedores.

Apenas na noite desta segunda-feira, a Scotland Yard realizou mais de 200 detenções, e 44 policiais e 14 civis ficaram feridos devido à onda de violência que inclui incêndios, saques e desordens públicas em vários bairros de Londres. Os protestos começaram depois da morte de Mark Duggan. Ele foi morto por policiais, na quinta-feira, em Tottenham, depois de ser abordado em um táxi por uma unidade da polícia que investiga crimes a mão armada naquele bairro.

Além do amistoso internacional, também foram adiados quatro partidas que aconteceriam nesta terça-feira pela primeira rodada da Copa da Liga Inglesa.

Antes do anúncio do cancelamento, seleção inglesa treinou normalmente para encara Holanda
Getty Images
Antes do anúncio do cancelamento, seleção inglesa treinou normalmente para encara Holanda

*Com EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.