Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Amigo de Ronaldo, Neymar lamenta: "Dia triste para o futebol"

"Quem não gosta do Ronaldo deve estar mentindo. Ele é um espelho para mim e para muita gente", disse ele

Gazeta |

O atacante Neymar desembarcou na tarde desta segunda-feira em San Cristóbal (Venezuela), onde o Santos está concentrado para a estreia da Copa Libertadores da América, contra o Deportivo Táchira, nesta terça. Mas, apesar da felicidade por retornar ao Peixe com o título do Campeonato Sul-Americano sub 20, com a seleção brasileira, o santista lamentou bastante a aposentadoria do atacante Ronaldo, anunciada oficialmente nesta segunda.

Amigo do "Fenômeno", Neymar lamentou a decisão tomada pelo craque de abandonar os gramados. "É, sem dúvida alguma, um dia muito triste para o futebol", resumiu. Neymar enfrentou Ronaldo poucas vezes, como na decisão do Campeonato Paulista de 2009, vencida pelo Corinthians após um triunfo na Vila Belmiro e um empate no Pacaembu.

O camisa 11 do Santos continuou falando de Ronaldo e não poupou elogios a trajetória de um dos maiores ídolos da história do futebol brasileiro. "Quem não gosta do Ronaldo deve estar mentindo. Ele é um espelho para mim e para muita gente, por tudo o que ele passou na carreira dele. O Ronaldo conquistou muita coisa e espero alcançar, quem sabe, o mesmo sucesso que ele teve. Foi uma carreira brilhante", analisou.

Questionado se já teria pensado em como será a sua vida quando tiver que deixar o futebol, Neymar, que tem apenas 19 anos de idade, se esquivou destacando os próximos desafios de sua carreira. "A idade chega para todo mundo. A gente tem que viver o presente. Sou novo e tenho que viver agora, porque ainda tenho muitos anos de futebol pela frente. No momento, meu pensamento é na Libertadores", concluiu.

Leia tudo sobre: NeymarRonaldoadeusCorinthiansSantosrepercussão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG