Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Americana tenta escapar da crise diante do Vitória

Técnico Toninho Cecílio corre o risco de perder o emprego em caso de derrota nesta sexta-feira

Gazeta |

Após cinco rodadas sem vencer, o Americana tentará finalmente se reabilitar no Campeonato Brasileiro da Série B, nesta sexta-feira, diante do Vitória, às 21 horas (de Brasília), no Barradão. O time enfrenta uma série de problemas, e caso seja derrotado, poderá ficar sem o técnico Toninho Cecílio, que corre o risco de ser demitido.

Além disso, o treinador terá que resolver a inoperância de seu ataque, que não consegue balançar as redes desde a 13ª rodada da Série B. Sem poder contar com Reinaldo, que terá de passar por uma cirurgia no joelho e não joga mais a competição, e Dodô, que ainda não se recuperou de uma lesão, o treinador deverá escalar novamente André Luiz e Rafael Chorão na frente.

Mesmo com tantos problemas, Toninho Cecílio poderá comemorar a volta do volante Léo Silva, que retorna ao time após conseguir um efeito suspensivo no STJD. Com isso, o time que entrará em campo contra os baianos deverá ser basicamente o mesmo que foi derrotado por 2 a 0 pela Ponte Preta, no último sábado.

Já o Vitória teve uma semana mais tranquila para trabalhar. O time conseguiu colocar fim a sua sequência negativa de quatro derrotas consecutivas ao vencer o Salgueiro por 2 a 0, no último sábado, e agora quer outro resultado positivo para voltar a brigar pelo acesso à Série A.

Para isso, o treinador Vágner Benazzi voltará a atuar com dois zagueiros, além de colocar três volantes no meio-campo. Assim, Lúcio Flávio terá total liberdade para formar o trio ofensivo ao lado de Marquinhos e do estreante Fábio Santos, que entra no lugar do contundido Neto Baiano.

Além da estreia do atacante, Benazzi deverá formar a dupla de zaga com Gabriel Paulista e Léo Fortunato, já que Alison está machucado e Maurício cumpre suspensão. Enquanto isso, o volante Zé Luis permanece na equipe titular, formando o trio de volantes com Uelliton e Esdras.

Com as mudanças no esquema tático, o treinador do Leão pretende trabalhar o psicológico dos jogadores, para que os atletas não sofram com a queda em seu rendimento dentro de campo. "Nós temos que chegar perto dos 30 pontos para que no segundo turno a gente recupere os que perdemos", disse. "Eu vou trabalhar a cabeça de cada jogador, pois futebol de Série B é futebol de mudanças radicais, então precisamos de todo o grupo à disposição."

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X AMERICANA

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 11 de agosto de 2011, sexta-feira
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas Silva (PA)
Assistentes: Márcio G. Correia Dias (PA) Adeilton Gimarães da Hora (AL)

VITÓRIA: Fernando; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Léo Fortunato e Fernandinho; Zé Luís, Uellinton, Esdras e Lúcio Flávio; Fábio Santos e Marquinhos
Técnico: Vagner Benazzi

AMERICANA: Jaílson; Luiz Felipe, Jorge Luiz, Thiago Gomes e Anderson Luís; Alê, Léo Silva, Marcinho e Fumagalli; André Luiz e Rafael Chorão
Técnico: Toninho Cecílio

Leia tudo sobre: série b 2011vitóriaamericana

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG