Treinador espera dar resposta definitiva sobre a transferência ao time paulista ainda neste domingo

Em busca de um novo técnico desde que demitiu Toninho Cecílio, após a derrota por 5 a 2 para o Vitória na última sexta-feira, o Americana está perto de fechar contrato com Roberto Fernandes, que atualmente comanda o Paysandu na Série C do Campeonato Brasileiro. Em contato por telefone, o treinador confirmou que recebeu uma proposta oficial e prometeu dar uma resposta rápida ao clube paulista.

"Houve um primeiro contato com o Americana no último sábado e a gente está definindo isso. Eu ainda tenho que falar com o presidente (Luiz Omar Pinheiro) para dar uma satisfação, já que tenho contrato com o Paysandu. Espero definir esta situação até hoje (domingo) à noite", afirmou o comandante, que não descartou a troca de clube.

"A vida de treinador é assim: você tem que viver em uma zona intermediária em que está sempre sujeito a sair. Quando você está bem em uma equipe, sempre terá alguém para fazer uma proposta", filosofou o comandante, que está invicto nesta Série C com o Paysandu (duas vitórias e dois empates).

O bom momento da equipe paraense contrasta com a decadência do Americana, que não vence há seis rodadas na Série B e ocupa uma posição intermediária na tabela. Apesar do mau momento do time paulista, Roberto Fernandes fez elogios à equipe e projetou uma melhora nos próximos jogos.

"Os dois projetos são bons. Fico feliz pela lembrança do Americana, já que não esperava esse contato agora. Como profissional tenho que ouvir a proposta e ver o que é melhor para mim. O Americana vem em uma queda, mas já esteve na zona de classificação e tem condições de brigar pelo acesso. Já o Paysandu é uma equipe que estava na Libertadores há oito anos e que teve uma queda grande, mas está retomando o seu caminho vitorioso. Então tenho que analisar e ter tranquilidade para decidir", completou o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.