Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

América-MG vence o Botafogo e continua sonhando com permanência

Equipe mineira abriu 2 a 0 no primeiro tempo, teve um jogador expulso, mas segurou a vitória no final

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

nullO que parecia uma missão impossível algumas rodadas atrás, se transforma em realidade a cada vitória sobre rivais da parte de cima da tabela. Com um primeiro tempo impecável, o América-MG venceu o Botafogo por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, na Arena do Jacaré, conseguiu seu terceiro triunfo seguido e continua sonhando com a permanência na Série A em 2012.

Com o triunfo, o time mineiro sobe para 34 pontos e segue na 19ª colocação, mas fica quatro atrás do Cruzeiro, que joga na sequência da rodada.

Confira a classificação atualizada do Brasileirão

O Botafogo, ao contrário, entra em crise justamente na reta final da competição. A terceira derrota seguida do time no Brasileirão deixa a equipe carioca na quinta colocação, com 55 pontos, com chances de ser ultrapassado pelo Flamengo no final da 35ª rodada.

Na sequência do campeonato, o Botafogo recebe o Internacional, no próximo domingo, às 17h, no estádio Engenhão, pela 36ª rodada. Já o América-MG visita o São Paulo um dia antes, no sábado, às 19h, no estádio Morumbi.



O Jogo
O mistério do técnico Caio Júnior durante a semana, quando fechou a primeira parte do treinamento da última sexta-feira, fez sentido no anúncio da escalação da equipe, minutos antes da partida. Preocupado com os espaços deixados na defesa nos últimos jogos, o treinador surpreendeu e mudou o esquema tático do 4-2-3-1 para o 3-6-1, com o zagueiro Gustavo entrando na vaga de Herrera. Além disso, na ala-direita, Alessandro ganhou a posição de Lucas.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo ou do América-MG e comente o jogo

O jogo começou equilibrado, com as duas equipes se alternando em busca do gol. A primeira chance clara foi do time da casa. Aos 11 minutos, Fábio Júnior recebeu de costas para o gol, girou e bateu colocado no canto esquerdo, mas Jefferson fez boa defesa. O susto parece ter acordado o Botafogo. Aos 17, Maicosuel puxou contra-ataque, tabelou com Loco Abreu e rolou para Elkeson, que de cara para o gol, acabou chutando por cima.

O mesmo Elkeson, aos 23 minutos, fez boa jogada, invadiu a área e bateu cruzado, mas a bola passou raspando a trave esquerda do gol de Neneca. Quando era melhor e dominava mais as ações ofensivas, o Botafogo voltou a apresentar erros defensivos, como nas últimas partidas. Cortês tentou sair jogando, foi desarmado e a bola acabou sobrando para Fábio Júnior, que foi derrubado pelo goleiro Jefferson. Pênalti que o atacante Kempes não desperdiçou, abrindo o placar aos 34 minutos do primeiro tempo

Da mesma forma como aconteceu no clássico contra o Vasco, a equipe carioca se desestabilizou depois de sofrer o primeiro gol. As chances de gol acabaram e os erros de passe e defensivos só aumentaram. Tanto que seis minutos depois, o time mineiro aumentou o placar na Arena do Jacaré. Kempes passou por Marcelo Mattos e tocou para Fábio Júnior, que chutou na saída do goleiro Jefferson.

Siga o Twitter do Botafogo e receba notícias do time em tempo real

No final do primeiro tempo, aos 43, Gilson ainda exigiu boa defesa de Jefferson, mas as duas equipes foram para o vestiário com a vantagem de dois gols para o América-MG. Para a segunda etapa, o técnico Caio Júnior realizou duas mudanças. Cortês deu lugar a Everton, enquanto Herrera entrou na vaga de Elkeson.

Apesar de aumentar a posse de bola, o time carioca não conseguia criar oportunidades de gol. O América-MG se defendia bem, mas foi a vez da sorte virar para o time carioca. Aos 18 minutos, Herrera dominou na entrada da área e, quase caído, chutou para o gol. A bola carimbou Loco Abreu, que ficou com a sobra e apenas tocou por cima do goleiro Neneca, diminuindo o placar.

O gol animou o Botafogo, que partiu para cima com tudo. A situação ficou ainda melhor aos 22 minutos, quando o ala Gilson recebeu o cartão vermelho por falta dura em Maicosuel. O técnico Caio Júnior tirou o zagueiro Fábio Ferreira e colocou o atacante Alexandre Oliveira, tentando o empate e a virada. O gol de empate até saiu, aos 29 minutos, com Herrera, mas o árbitro erroneamente marcou impedimento do atacante argentino.

Nos minutos finais, a equipe carioca tentou o empate, mas sem conseguir organizar as jogadas de ataque, apenas levantava bolas para Loco Abreu na área. O América-MG se segurou e conseguiu uma importante vitória em busca da permanência na série A.

FICHA TÉCNICA - AMÉRICA-MG 2 X 1 BOTAFOGO
Local:
Arena do Jacaré, Sete Lagoas (MG)
Data: 16 de Novembro de 2011 (Quarta-feira)
Hora: às 20h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Christian Passos Sorence (GO) e José Patrício de Araújo (GO)
Cartões amarelos: Leandro Ferreira, Amaral (AMG); Elkeson, Maicosuel, Jefferson e Fábio Ferreira (BOT)
Cartão vermelho: Gilson (AMG)

GOLS
América-MG: Kempes, aos 34 minutos do primeiro tempo, e Fábio Júnior, aos 40 minutos do primeiro tempo
Botafogo: Loco Abreu, aos 18 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Neneca, Gabriel, Preto e Willian Rocha; Marcos Rocha, Leandro Ferreira, Amaral, Rodriguinho (Dudu) e Gilson; Kempes (Alessandro) e Fábio Júnior (Thiago Carleto)
Técnico: Givanildo Oliveira

BOTAFOGO: Jefferson; Antônio Carlos, Fábio Ferreira (Alexandre Oliveira) e Gustavo; Alessandro, Marcelo Mattos, Renato, Elkeson (Herrera), Maicosuel e Cortês (Everton); Loco Abreu
Técnico: Caio Júnior

Leia tudo sobre: BotafogoAmérica-MGBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG