Placar de 1 a 1 na Arena do Jacaré não foi bom para nenhum dos times, que seguem mal na tabela do Brasileirão

América-MG e Cruzeiro ficaram em um empate de 1 a 1 no clássico disputado na noite desse sábado, na Arena do Jacaré. O resultado é ruim para os dois times, já que o Cruzeiro segue na zona de rebaixamento enquanto o time de Mauro Fernandes permanece perto da "zona da degola" do Brasileirão. O time de Cuca ainda não venceu na competição e a crise aumenta a cada rodada.

Os gols da partida foram marcados por Fabrício , no primeiro tempo, e Fábio Júnior , na segunda etapa. O jogo foi muito pegado, mas esteve longe de ser uma boa partida tecnicamente.

null

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O Cruzeiro abriu logo o placar, aos 15 minutos do primeiro tempo. O argentino Montillo achou Fabrício sozinho na grande área em cobrança de falta. O volante testou com raiva para vencer o goleiro Flávio e colocar o Cruzeiro na frente. Mas a euforia pelo gol duraria pouco, assim como aconteceu em outras ocasiões na Arena do Jacaré.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

Cruzeiro saiu na frente no clássico e cedeu o empate ao América-MG na segunda etapa
Gazeta Press
Cruzeiro saiu na frente no clássico e cedeu o empate ao América-MG na segunda etapa
O gol esfriou o clima do jogo, já que o América-MG não conseguia articular suas jogadas ofensivas com perigo, enquanto o Cruzeiro não atacava com o mesmo ímpeto. Já nos acréscimos da primeira etapa, Gilberto cobrou falta com perigo, mas Flávio evitou o segundo.

Na saída para os vestiários, muita reclamação por parte dos americanos. “O cara (juiz Paulo César de Oliveira) só marca falta para um lado”, esbravejou o técnico Mauro Fernandes.

O América voltou melhor para o segundo tempo e o atacante Fábio Júnior, ex-Cruzeiro, finalmente apareceu na partida. Amaral soltou uma bomba na direção da área e o centroavante colocou a cabeça na bola para empatar a partida.

Precisando da primeira vitória na competição, o Cruzeiro se mandou para o ataque. Brandão, que acabara de entrar, quase marcou um golaço de bicicleta. A situação só não ficou pior para o campeão mineiro pois uma bomba de Leandro Ferreira bateu na trave.

Depois do apito final, a indignação dos cruzeirenses ficou nítida com gritos de "Time sem vergonha" e muita vaia na Arena do Jacaré.

FICHA TÉCNICA- AMÉRICA-MG 1X1 CRUZEIRO

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 18 de junho (sábado)
Horário: 21h
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Fábio Pereira (TO)
Renda: R$ 87.145,00
Público:
5.027 pagantes
Cartões amarelos: Gabriel, Dudu, Kempes e Leandro Ferreira (AME), Gil e Gilberto (CRU)
Gols:
América-MG: Fábio Júnior, aos 8 minutos do segundo tempo
Cruzeiro: Fabrício, aos 15 minutos do primeiro tempo

AMÉRICA-MG: Flávio; Otávio (Sheslon), Anderson, Gabriel e Gilson; Dudu, Leandro Ferreira, Amaral e Rodriguinho (Fabrício); Alessandro (Kempes) e Fábio Júnior
Técnico: Mauro Fernandes

CRUZEIRO: Fábio; Pablo (Everton), Gil, Léo e Gilberto; Fabrício, Marquinhos Paraná, Henrique (Dudu) e Montillo; Wallyson e Anselmo Ramon (Brandão)
Técnico: Cuca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.