Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

América-MG e Cruzeiro fazem duelo na luta direta pela liderança

Dois times medem forças em Varginha já pensando nas vantagens do primeiro lugar durante o mata-mata

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

América-MG e Cruzeiro estão no Sul de Minas Gerais, mais precisamente em Varginha, para um compromisso importante. Os times puseram o “pé na estrada” para um clássico, nesse domingo, às 16h, em um duelo que pode ser decisivo para as pretensões das duas equipes na competição. Líder da primeira fase com 19 pontos, o time de Cuca está três pontos na frente do rival, que tem um jogo a menos. Faltando poucas rodadas até as semifinais, uma vitória no clássico pode significar terminar melhor classificado que o adversário.

Na Toca da Raposa II, os jogadores não escondem de ninguém que pretendem terminar a primeira fase na liderança, o que permitiria jogar por dois empates no mata-mata e também jogar a segunda partida em casa. “Sem dúvidas, terminar em primeiro traz uma vantagem importante. Poderíamos jogar por dois resultados (dois empates). Temos que procurar essa vantagem. Nada melhor que vencer um clássico para se classificar e abrir vantagem sobre o América-MG”, disse o lateral Gilberto.

O técnico Cuca acredita que o clássico de Varginha é uma espécie de decisão. “Temos um jogo decisivo, que pode definir a primeira fase do Mineiro. Depois faltarão apenas dois jogos. Demos uma recuperada boa na competição e podemos acabar em primeiro lugar. Não podemos nos dar o luxo de estar em dia ruim”, avaliou o treinador.

Cuca não poderá contar com o zagueiro Victorino, que está com a seleção uruguaia, e com o volante Henrique, convocado pela primeira vez pelo técnico Mano Menezes. Na zaga, Léo deve ser mantido. “O Léo já foi titular vários jogos e nos ajudou muito no ano passado. Acho que não teremos dificuldades pela ausência do Victorino. Quem substituir o Henrique também vai nos ajudar”, analisou o lateral Pablo. Quem deve ficar com a vaga de Henrique é o volante Leandro Guerreiro, experiente em clássicos no Rio de Janeiro e que ainda se adapta aos dérbis de Minas Gerais.

“Já disputei muitos clássicos no Campeonato Carioca, onde são muitos clássicos no primeiro semestre. São jogos decididos em detalhes, bola parada. Por isso temos que estar 100% concentrados para não sermos surpreendidos”, disse o volante Leandro Guerreiro.

Vipcomm
Montillo volta a comandar o meio-campo do Cruzeiro no clássico contra o América-MG

Por outro lado, o treinador terá o retorno de sua dupla de armadores titulares. Roger e Montillo voltam ao time depois de serem poupados no último duelo do Estadual e serão os responsáveis pela criação das jogadas.

América-MG

Divulgação
Fábio Júnior é a principal esperança de gols do América-MG no clássico
Por forças contratuais, o América-MG não poderá contar com o meia Camilo e com o atacante Eliandro, que pertencem ao Cruzeiro. O treinador americano, Mauro Fernandes, ficou satisfeito ao saber que todos os ingressos colocados à venda foram vendidos em Varginha.

“Para mim não é surpresa, pela primeira passagem que fizemos em Varginha, no início do ano (pré-temporada), eu já sabia que o estádio ficaria lotado. Até mesmo por ser um jogo importante, que vale a liderança da competição. O América faz boa participação no campeonato e o Cruzeiro está na liderança. Temos tudo para realizar um bom jogo. Espero um jogo equilibrado. Sabemos do potencial que tem a equipe do Cruzeiro, mas também estamos fazendo um bom campeonato”, ressaltou o treinador.

Varginha
O Cruzeiro não perde para o América-MG desde 2002, quando foi superado pelo rival no Supercampeonato Mineiro, por 1 a 0. De lá para cá, são 10 jogos, com quatro empates e seis vitórias cruzeirenses. Os dois times já se enfrentaram em Varginha, em 1996, e o resultado foi favorável aos americanos: 3 a 0, no mesmo estádio Dilzon Melo (Melão).

 

FICHA TÉCNICA – AMÉRICA-MG X CRUZEIRO
Local: Estádio Dilzon Melo (Melão), em Varginha (MG)
Data: 27 de março de 2011 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Emérson de Almeida Ferreira (FMF)
Assistentes: Helbert Costa Andrade e Pablo Almeida Costa, ambos da FMF

AMÉRICA-MG: Flávio; Marcos Rocha, Micão, Gabriel e Jean Batista; Dudu, Leandro Ferreira, Netinho e Irênio; Luciano e Fábio Júnior
Técnico: Mauro Fernandes


CRUZEIRO: Fábio; Pablo, Gil, Léo e Gilberto; Marquinhos Paraná, Leandro Guerreiro, Roger e Montillo; Wallyson e Wellington Paulista
Técnico: Cuca

 

Leia tudo sobre: CruzeiroAmérica-MGCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG