Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

América-MG e Avaí fazem duelo das piores defesas do Brasileirão

Em 22 rodadas, times já sofreram mais de 40 gols e vão se encontrar neste sábado, na Arena do Jacaré

Gazeta |

 

América-MG e Avaí medem forças neste sábado, às 18 horas (de Brasília), na Arena do Jacaré, no duelo das duas piores defesas do Campeonato Brasileiro. Os catarinenses ostentam o posto de zaga mais vazada do Brasileirão, com 46 gols sofridos, já os mineirs não deixam por menos, e já levaram 42 gols na competição nacional.

Ocupando a lanterna do Brasileiro com apenas 17 pontos, o América precisa desesperadamente da vitória para somar mais três pontos. Dos 48 que o clube ainda vai disputar, são necessários mais 27 para afastar de vez o fantasma do rebaixamento. A tarefa não é fácil e representa um aproveitamento de praticamente 56%, mas a comissão técnica acredita que ainda é possível permanecer na elite do futebol nacional.

O técnico Givanildo Oliveira destaca que nos três próximos jogos do América-MG, a equipe tem que somar pelo menos sete pontos, caso contrario, a situação do time americano vai ficar muito complicada na competição. O comandante do time mineiro frisa que uma das vitórias obrigatoriamente tem de ser em cima do Avaí, concorrente direto contra o rebaixamento.

"Vamos fazer três jogos praticamente em casa, contra o Avaí, o Cruzeiro, que é clássico, e Santos. Temos que fazer pelo menos sete pontos para termos chance de sair da zona de rebaixamento. Se não fizermos, vai complicar. O jogo contra o Avaí é o chamado jogo de seis pontos e não podemos nem empatar", declarou.

Givanildo não poderá contar com o atacante Alessandro, com o zagueiro Gabriel e com o volante Dudu, que seguem em tratamento no departamento médico. Kempes, Otávio e Leandro Ferreira, que já vêm atuando como titulares, devem permanecer na equipe americana para o duelo contra os catarinenses.

No time avaiano, a palavra de ordem é reabilitação. A equipe vem de derrota em casa para o Santos, e está disposta a recuperar os pontos perdidos no jogo contra o Coelho. O goleiro Felipe frisa que o Avaí vai encontrar muitas dificuldades, mas apesar de pregar respeito ao América-MG, aposta em um triunfo.

"Assim como nós, eles querem sair da zona do rebaixamento. Não será uma partida fácil, e temos que enfrentá-los sabendo que não será tranquilo. Eles não vão jogar fechados. Devem vir para cima e temos que saber respeitá-los para vencer dentro da casa deles", comentou.

Recuperado de lesão, o volante Marcos Paulo volta a ser relacionado pelo técnico Toninho Cecílio. Com Romano suspenso, o treinador colocou Pará na lista de relacionados. O goleiro Felipe, que não enfrentou o Santos por questão contratual, será o titular no gol. O zagueiro Gustavo Bastos, que acabou falhando no segundo gol do Santos, na derrota sofrida na Ressacada, não foi convocado para o jogo diante do Coelho.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X AVAÍ

Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 10 de setembro de 2011 (sábado)
Horário: 18h (horário de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho (SP)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e João Nobre Chaves (SP)

AMÉRICA-MG: Neneca; Micão, Otávio e Willian Rocha; Marcos Rocha, Leandro Ferreira, Amaral, Ulisses e Gilson; André Dias e Kempes
Técnico: Givanildo Oliveira

AVAÍ: Felipe; Arlan, Welton Felipe, Dirceu e Pará; Batista, Bruno, Pedro Ken e Lincoln; Róbson e Willian
Técnico: Toninho Cecílio

Leia tudo sobre: avaíamérica-mgbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG