Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

América-MG coloca ingresso a R$ 50 e irrita dirigente atleticano

Diretoria americana deu o troco do primeiro turno, quando seus torcedores pagaram R$ 50 pela entrada

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Segundo Kalil, o América-MG armou um circo, mas o Atlético-MG não vai se vestir de palhaço
O Atlético-MG planejava ter três jogos com casa cheia na sequência do Campeonato Brasileiro. Depois de colocar mais de 14 mil pagantes contra o Ceará , o time alvinegro não deve ter apoio de sua torcida no clássico com o América-MG . Em retaliação ao primeiro turno, quando o Atlético-MG cobrou R$ 50 por ingresso no setor destinado aos americanos, agora foi a vez do troco.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

A diretoria do América-MG decidiu colocar o ingresso para o clássico a R$ 50, preço único. A decisão americana tende a esvaziar a partida deste sábado, já que o clube mandante tem a pior média de público da competição, enquanto o torcedor atleticano não se mostra disposto a gastar muito para acompanhar sua equipe, que está dentro da zona de rebaixamento .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A decisão do América-MG deixou o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, bastante irritado. Por conta do preço no ingresso, o mandatário alvinegro não requisitou nem os 10% de ingressos que o clube tem direito por regulamento. Assim, o América-MG reservou apenas 190 entradas para os atleticanos. No entanto, a decisão de Kalil não impede que a torcida do Atlético-MG esteja presente na Arena do Jacaré.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“O Clube Atlético Mineiro está preservando o seu torcedor de uma confusão, de um tumulto de uma venda em 10% dos ingressos. O América-MG montou um circo e o Atlético não se dispõe a vestir de palhaço. O Atlético não requereu os 10%”, disse Alexandre Kalil, via assessoria de imprensa.

Por conta da falta de estádio em Belo Horizonte, nenhum outro torcedor do Brasil gasta tanto para acompanhar o seu time como os mineiros. Por conta do custa de deslocamento até Sete Lagoas, o Atlético-MG decidiu cobrar ingressos entre R$ 5 e R$ 10, o que está dando resultado, já que o clube vende mais de 75% de ingressos que coloca à venda. No ano passado, quando tentou cobrar R$ 40 por entrada, o Atlético-MG jogou com estádio vazio, sempre com menos de 4 mil pagantes.

 

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011América-MG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG