Centroavante da seleção italiana recusou propostas para sair durante a janela e entrou em atrito com a diretoria

Fora dos planos do técnico Antonio Conte, o brasileiro naturalizado italiano  Amauri deve deixar a Juventus na abertura da próxima janela de transferências, em janeiro. O jogador entrou em atrito com a direção por ter recusado propostas do Fenerbahçe e do Olympique de Marselha em julho e agosto.

"Amauri está treinando forte na Juventus, mas, em janeiro, estará entre os maiores nomes do mercado de transferências", prometeu o seu agente, Giampiero Pocetta ao site Sportmediaset.it . O contrato de Amauri com a Juventus termina em junho de 2012.

Após se destacar no Palermo, o jogador chegou a Turim na temporada 2008/09. No total, fez 71 jogos como titular e marcou apenas 20 gols. No inverno europeu de 2010/11, ele foi emprestado ao Parma e parecia ter recuperado a boa forma: sete tentos em 11 partidas.

Nesta temporada, não entrou em campo ainda, exceto pela seleção italiana. A Juventus enfrenta o Milan , no domingo, pelo Campeonato Italiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.