Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Alvo palmeirense, Viatri tem média de gols próxima da de Ewerthon

Argentino também já teve passagem pela prisão por roubo a mão armada a um salão de cabelereiros

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Sem um companheiro ideal para Kleber no ataque, o Palmeiras busca opções pela América do Sul para preencher sua linha ofensiva. Um dos nomes mais comentados é o de Lucas Viatri, atacante argentino do Boca Juniors. O problema é que o time argentino tem colocado barreiras para que a negociação se concretize. Mas, afinal, vale a pena contratar esse jogador, que tem média de gols semelhante à de Ewerthon e até mesmo uma passagem pela polícia, por assalto a mão armada?

Viatri tem 23 anos, 1,85m, 82 quilos e 19 gols em 55 jogos na carreira como profissional. A média é de 0,35 gol por jogo, número muito semelhante ao de Ewerthon, recém-dispensado pelo Palmeiras e que marcou 7 gols em 25 jogos no Brasileiro de 2010.

A melhor temporada de Viatri foi a de 2008/09, quando ele balançou as redes por nove vezes. Foi na mesma época, porém, que o argentino viveu a pior situação de sua vida. Ao lado de seu irmão, Viatri foi acusado de roubo armado a um salão de cabelereiros, no qual teria levado cerca de R$ 2,5 mil, além de alguns instrumentos de trabalho. E o pior para o jogador foi saber que ele foi reconhecido pelo dono do estabelecimento após marcar um gol contra o Vélez Sarsfield.

Viatri ficou detido durante 28 dias e, posteriormente, foi condenado a prestar serviços comunitários. Justamente por causa essa punição, não poderia sair do país por mais de dois anos. Na época, o jogador se fez de desentendido.

"Não entendi nada. Tinha ido ao hospital visitar uma amiga que estava internada e de repente apareceram uns policiais que me levaram junto de meu irmão e dois amigos. Fomos acusados de roubar um local no qual nunca tinha pisado na minha vida", disse Viatri ao Olé.

O Palmeiras fez duas propostas e espera a resposta do Boca Juniors. Enquanto Viatri não chega, Adriano Michael Jackson, ex-Bahia, desembarca em São Paulo. E Maikon Leite, do santos, já tem até contrato assinado para começar a vestir a camisa palmeirense no fim de junho deste ano.

Leia tudo sobre: palmeirasviatriargentinaboca juniors

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG