Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Altitude boliviana é adversária do Internacional na Libertadores

O técnico Celso Roth vai definir na manhã desta terça-feira o time que enfrenta o Jorge Wilstermann

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Lucas Uebel/VIPCOMM
Lateral-direito Nei está recuperado de lesão
A altitude é uma preocupação do Inter para o terceiro jogo da Libertadores. A partida contra o Jorge Wilsterman, nesta quarta-feira, às 19h30, será disputada na cidade de Cochabamba, que fica a 2570 metros do nível do mar.

“Já tive a oportunidade de jogar na altitude contra a LDU (em Quito) e também treinei contra o Deportivo Quito. A bola vem mais rápida e pesada. Temos que estar atentos para a variação do trajeto e manter a concentração. Todo o lance se torna perigoso. Queremos buscar a liderança da chave”, disse o goleiro Lauro.

Para amenizar os efeitos da altura a delegação está em Santa Cruz de la Sierra (400 metros acima do nível do mar). O deslocamento para Cochabamba só será feito na noite de terça-feira.

“A competitividade da Libertadores está muito grande. Os jogos estão com muita intensidade. Não dá pra pensar que se vence só pela condição técnica. Já tivemos resultados surpreendentes com equipes não tão tradicionais liderando seus grupos. O Inter tem potencial para fazer grandes jogos e se classificar. Nosso estádio é imponente e será decisivo nas fases de mata-mata”, avaliou Lauro.

Na manhã desta terça-feira o técnico Celso Roth realiza o treino que define o time. Existe a possibilidade de a atividade acontecer sem o acesso da imprensa, assim como foi antes do jogo diante do Emelec, no Equador.

Roth ainda mantém em sigilo a escalação. Guiñazu, Nei e Kléber, que foram poupados no Gauchão, voltam ao time. O treinador sinalizou que o jovem Oscar pode perder a vaga. A dupla de zaga também não está confirmada. Lauro; Nei, Rodrigo, Sorondo (Índio) e Kléber; Wilson Matias, Bolatti, Guiñazu e Tinga; Zé Roberto e Leandro Damião é a tendência de escalação.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG