Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Allan revive a sensação de "patinho feio" contra o Fluminene

Improvisado na lateral, volante é o jogador mais novo e o menos badalado do Vasco no clássico de domingo

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Os clássicos dão aos jogadores a oportunidade de se firmarem em suas equipes. Para muitos, é um divisor de águas na carreira. Um gol pode representar a consagração. Já um lance bisonho e seu futuro acaba comprometido. Domingo, contra o Fluminense, no Engenhão, os laterais Allan e Márcio Careca vão experimentar o lado B do clássico.

Fotocom
Allan terá mais uma oportunidade entre os titulares
No meio de tantos craques consagrados, como Deco, Fred, Conca, Diego Souza Felipe e outros, a dupla vascaína é a menos badalada do confronto. Allan substitui Fágner, vítima de torção no joelho direito. Menos mal que, mesmo sendo volante, atuou na vitória de 2 a 0 contra o Botafogo, na última rodada, já que o titular cumpria suspensão.

Márcio Careca também não deve sentir tanto a falta de ritmo. Ele substituiu Ramon contra o Madureira, pelo mesmo motivo que o companheiro da outra lateral: suspensão. Como o titular pegou gancho de três partidas por causa da expulsão contra o Macaé, na abertura da Taça Rio, ele volta à equipe.

Aos 20 anos, o carioca Allan quer agarrar a oportunidade para ganhar espaço com o técnico Ricardo Gomes. Não será a primeira vez que ele se desdobrará jogando fora de posição. Confiante, promete entrar em campo tranquilo para ajudar o time a conquistar mais uma vitória .

“Não importa a posição. O vale é jogar e estar na equipe. Sei que na lateral tenho que cobrir bem a defesa e, quando tiver espaço, chegar para apoiar o ataque. Estou procurando fazer o melhor para que o time possa manter a boa fase", frisou Allan, que atuara também improvisado no Campeonato Brasileiro, contra o Santos.

Além da falta de experiência no setor, o fato de ser o jogador mais novo em campo pode lhe custar uma dor de cabeça. Allan imagina que o Fluminense, por ser um time veloz, irá se movimentar bastante, principalmente pelo seu setor. Num elenco com Fred, Emerson, Deco e Conca, fica difícil precisar quem lhe dará mais trabalho. Mas ele imagina que o craque argentino vá perturbá-lo um pouco mais.

“Seria difícil destacar apenas um jogador. Se eu for citar um que atuará pelo meu lado, seria o Conca, que tem muita qualidade. Precisaremos ter uma atenção com as jogadas dele”.

Com passagens por Madureira e Vasco, o volante não tem prestígio, fama e fortuna de outros jogadores que estarão em campo neste domingo. Assim, a vitória no clássico pode lhe abrir portas no clube. Fánger, segundo o departamento médico, deve ficar umas duas semanas fora ainda. Isso dá ao jovem Allan a oportunidade de se firmar na equipe por mais algumas rodadas.

Por sorte, Irrazábal e Max, substitutos imediatos de Fágner, estão lesionados. Gomes testou quatro jogadores antes do jogo com o Botafogo. Allan foi o escolhido. Portanto, ele sabe que a vitória será importante para se firmar na equipe.

“Acho que, nesse momento, uma vitória em mais um clássico seria importante porque colocaria o Vasco lá em cima na tabela. Principalmente depois da nossa campanha na Taça Guanabara. Não será uma partida fácil, mas temos condições de dar o nosso melhor e lutar pela vitória”.
 

Leia tudo sobre: vascoallancampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG