Argentino do Flamengo, na época na Universidad Católica, venceu por 2 a 0 a Universidad de Chile, em 2008

Montillo, do Cruzeiro, aplica drible em Ramón, do Corinthians
AE
Montillo, do Cruzeiro, aplica drible em Ramón, do Corinthians
Se o Flamengo sofre com Montillo e, em seis jogos contra o carrasco, só conseguiu uma vitória , que nada valeu, pois o time acabou eliminado da Copa Libertadores de 2010 , um jogador pode se considerar vitorioso contra o rival. Com boas chances de ser titular no confronto com o Cruzeiro , nesta quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré, o argentino Bottinelli venceu o seu compatriota na única vez em que foram rivais em suas carreiras.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

No dia 27 de abril de 2008, com a camisa 18 da Universidad Católica, Bottinelli comemorou a vitória por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile, que contava com Montillo, em jogo válido pelo Campeonato Chileno. O argentino do Flamengo não marcou, mas, na época, era um dos principais jogadores do time. Sua identificação foi tanta, que chegou a tatuar o escudo do clube em sua perna.

Siga o iG Flamengo no Twitter e receba as notícias do time em tempo real

Montillo, de 27 anos, e Bottinelli, de 24, têm histórias em comum. Eles começaram a carreira profissional no San Lorenzo. Sem conseguirem se firmar, procuraram novos ares e encontraram o carinho que esperavam no Chile. Na Argentina, atuaram algumas vezes juntos. Em apenas um jogo, ambos atuaram como titulares e o time venceu por 3 a 2 o Boca Juniors. O argentino do Flamengo marcou um dos gols.

Montillo, do Cruzeiro, aplica drible em Ramón, do Corinthians
AE
Montillo, do Cruzeiro, aplica drible em Ramón, do Corinthians
No total, eles estiveram juntos em campo pelo San Lorenzo em oito jogos entre 2005 e 2006. Bottinelli foi titular em quatro jogos e Montillo em três. Em duas oportunidades, entraram juntos no intervalo. Montillo substituiu Bottinelli duas vezes e o contrário aconteceu uma vez. Nas oito chances em que foram companheiros em campo, o time conseguiu quatro vitórias, três derrotas e um empate.

Os números são da Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad

No Campeonato Brasileiro, apesar de ser reserva, Bottinelli tem números próximos ao de Montillo. O argentino do Flamengo marcou três gols e deu uma assistências, enquanto o rival balançou a rede seis vezes e deu três passes para gol.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.