Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Alex Silva se culpa por expulsão e empate, mas critica arbitragem

Palmeiras conseguiu empatar depois que jogador são-paulino foi expulso em lance com Adriano no começo do segundo tempo

Gazeta Esportiva |

O cartão vermelho recebido por Alex Silva no início da etapa complementar mudou a história do clássico deste domingo contra o Palmeiras. Com um jogador a menos, o São Paulo foi mais pressionado e sofreu o empate por 1 a 1. Depois da partida, o zagueiro pediu desculpas ao restante do grupo, mas ao mesmo tempo fez críticas à arbitragem no Morumbi.

"Assumo minha responsabilidade pelo empate, tenho minha parcela de culpa por ter deixado meus companheiros na mão", disse o defensor, antes de tentar se defender. "Dei um empurrão no Adriano porque ele tentou cavar uma falta, eu jamais daria um soco. Foi mais para intimidar, para que ele não tentasse cavar falta de novo, mas o árbitro caiu na dele".

nullO lance ocorreu 12 minutos depois do intervalo. Adriano saía em disparada rumo ao gol de Rogério Ceni e, na dividida com Alex Silva, caiu em campo. O zagueiro tricolor voltou até o atacante palmeirense e o empurrou pelas costas, recebendo o cartão vermelho direto. Para ele, a atuação do árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza foi injusta com o São Paulo.

"O que ele usa para um, tem que usar para outro. O Valdívia deu uma cabeçada no Miranda e um pisão no Carlinhos Paraíba e não levou nem amarelo. No segundo tempo, o Kléber, não sei se com maldade ou não, deixou o braço no Miranda e não recebeu cartão. Não quero justificar minha expulsão, mas isso (mudança de critério) deixa a gente chateado", emendou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG