Torcida demonstrou insatisfação com a vitória por apenas 1 a 0 sobre o Avaí pela Copa do Brasil

Após a eliminação no Campeonato Paulista e com a estreia de Luis Fabiano adiada mais uma vez , o São Paulo atraiu pouco mais de 20 mil torcedores para o Morumbi na vitória por 1 a 0 sobre o Avaí na noite desta quarta-feira pela Copa do Brasil . E, apesar da vitória, teve de ouvir vaias em alguns momentos da partida.

Siga o iG São Paulo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

As críticas aconteceram principalmente na saída dos times para o intervalo e na substituição de Ilsinho por Willian José , já no meio do segundo tempo. Após a partida, o zagueiro Alex Silva reclamou das vaias, dizendo que a cobrança pode atrapalhar ainda mais o desempenho do time.

“A bola uma hora vai entrar, criamos muitas chances. O torcedor vaiar acaba só atrapalhando, a equipe fica mais nervosa. O São Paulo não chegou até aqui na Copa do Brasil à toa e o torcedor precisa apoiar”, afirmou o zagueiro na saída do gramado.

O goleiro e capitão Rogério Ceni , por sua vez, concordou com o zagueiro no desejo de que a torcida apenas incentivasse a equipe de forma positiva. Contudo, o camisa 1 admitiu que a atitude foi compreensível, principalmente pela recente eliminação no torneio Estadual.

“Eu também quero que o torcedor apoie. Mas viemos de uma derrota, uma eliminação com 40 mil pessoas aqui no Morumbi. A torcida esperava o time na final. Então acho que é mais pelo que aconteceu recentemente do que pelo jogo de hoje. Hoje o torcedor viu 60 minutos de bom futebol e no final a queda foi normal, é o que vem acontecendo pela falta de peças de reposição”, disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.