Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Alex Silva fala em fazer história e "substituir" Rogério Ceni

Após Juvenal Juvêncio dizer que quer comprá-lo, zagueiro fala em ficar no São Paulo pelo resto da carreira

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A declaração do presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, de que pretende comprar o zagueiro Alex Silva em definitivo, deixou o jogador extremamente otimista. Emprestado pelo Hamburgo, da Alemanha, até o final de julho, o camisa 3 não esconde o desejo de permanecer e fala até em ficar no clube o suficiente para fazer história como o goleiro e capitão Rogério Ceni.

“Eu fico muito feliz pela declaração do presidente. Hoje sou são-paulino mesmo, de verdade, por tudo o que o São Paulo me proporcionou. Quando cheguei era um desconhecido vindo do Vitória da Bahia. Meu desejo é permanecer. Espero poder lá na frente substitiuir o Rogério Ceni e fazer história aqui dentro”, disse o jogador.

AE
Alex Silva se declara um "são-paulino de verdade" e ressalta a importância do clube em sua carreira

Depois de ver o companheiro de defesa Miranda ser negociado com o Atlético de Madri, Alex chegou a ter um momento de pessimismo em relação à sua permanência. Mas após uma conversa particular e as declarações públicas do presidente, a situação mudou. Apesar de não saber detalhar de como vai ser a negociação com o Hamburgo, ele demonstra ter confiança total no dirigente.

“A respeito do Hamburgo confesso que não me passaram nada. Mas o presidente tem muito caráter, e se deu entrevista dizendo que quer me comprar é porque provavelmente já falou com a Alemanha e deve saber de alguma coisa. Quando cheguei muitos aqui não apostavam em mim, mas se alguém apostava esse cara se chama Juvenal Juvêncio. Também sou grato ao Milton Cruz e ao Muricy Ramalho, mas quem acreditou mesmo foi o presidente”, afirmou.

Divulgação
Juvenal Juvêncio: "padrinho" de Alex Silva

Sem saber dos valores de uma negociação para voltar em definitivo, Alex apenas brinca, dizendo que o São Paulo deve ter de pagar bem menos que os 13 milhões de euros pagos pelo Hamburgo em 2008. “Antes da cirurgia valia mais, agora com três cirurgias deve estar bem abaixo. Mas não sei o que está acontecendo, o Hamburgo ainda tem coisas pra acertar com o meu empresário”.

Alex faz questão de destacar a importância do São Paulo na evolução de sua carreira e o carinho da torcida como fatores motivadores para querer fazer um novo contrato com o clube e, se possível, continuar até se aposentar do futebol. Até sua chegada à seleção brasileira o jogador credita ao fato de ter sido contratado pelo São Paulo.

“Sempre falei para os meus familiares que ser o que sou hoje, com 26 anos, crescer como cresci... Antigamente diziam que era o irmão do Luisão, não o Alex Silva. Conquistar tudo isso não é só o jogador, o São Paulo me ensinou bastante. É um clube que não prepara só para dentro de campo, mas pra fora também. Por isso os clubes europeus têm o São Paulo como espelho”.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG