Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Alex Silva diz que quer ficar e descarta jogar pelos rivais

Zagueiro diz que diretoria pode garantir permanência e que não jogaria por Corinthians, Palmeiras e Santos

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Emprestado pelo Hamburgo, da Alemanha, até o final de julho, Alex Silva já fala sobre as opções para o futuro de sua carreira. E ele não quer seguir o mesmo caminho do companheiro Miranda, que no segundo semestre jogará na Europa. O camisa 3 afirma que quer permanecer no São Paulo e que confia na diretoria do clube para isso.

“Quero ficar no São Paulo, onde sou feliz, um clube ao qual sou muito grato. Mas não depende de mim. Tem os interesses do meu clube na Alemanha, da diretoria do São Paulo também. Hoje não passa pela minha cabeça voltar para a Alemanha, mas sim ficar no São Paulo que é a minha segunda casa”, afirmou.

Com seu desejo declarado, o jogador pede rapidez dos diretores são-paulinos para evitar que a demora nas negociações possa impedir sua permanência, como teria acontecido no caso de Miranda. Alex acredita que, havendo interesse do clube, até sua contratação em definitivo seria possível, com ajuda de parcerias.

“Se você estiver bem e fizer uma boa temporada, a equipe [Hamburgo] já vai procurar. Eu já soube que tem equipes da Europa interessadas no meu futebol, também recebi ligações de outros clubes do futebol brasileiro. Eu gostaria de ter tudo resolvido até janeiro, para ficar tranquilo e a cabeça voltada só para jogar futebol e disputar os títulos”, disse.

“Não sei se o São Paulo já procurou o Hamburgo. Sei que o São Paulo sempre tem uma carta na mão, tenho certeza que tem grandes parcerias. Então, se quiser a minha permanência vai conseguir”, aposta.

Em relação às propostas de outros clubes do Brasil, Alex, claro, não revela os possíveis interessados. Mas adianta que jamais jogaria em um dos principais rivais do clube do Morumbi.

“Não jogaria. Se fosse para sair do São Paulo, com todo respeito a Corinthians, Palmeiras e Santos. Por toda a história que eu tenho aqui, por ser um torcedor do clube. Aqui no estado de São Paulo eu não jogaria em outro clube além do São Paulo”, afirma.

Felicidade e tristeza por Miranda

Mesmo que siga no São Paulo no segundo semestre, Alex Silva não fará mais dupla com Miranda, uma parceria que rendeu ao clube o título brasileiro de 2007, com direito a números que fazem daquela a melhor defesa da história dos pontos corridos. Sobre a transferência do companheiro, ele se diz feliz e triste ao mesmo tempo.

“Fico feliz por ele ir para uma grande equipe no futebol europeu. Está trocando o São Paulo por uma melhor. E fico triste por ser um companheiro de quatro anos. A gente se conhecia pelo olhar em campo, fizemos uma grande defesa em 2007”, comentou o zagueiro.

Leia tudo sobre: são paulofutebolalex silva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG