Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mesmo priorizando a Libertadores, Vasco promete brigar no Carioca

Ainda com São Januário em reforma, time estreia em Macaé contra o Americano. Feltri e Rodolfo estão confirmados

Gazeta |

O meia Alex sorria e ofegava bastante após a vitória por 2 a 1 sobre o Mirassol, neste sábado, no Pacaembu. Foram dele a arrancada e o cruzamento que resultaram no gol contra do zagueiro Dezinho, aos 43 minutos do segundo tempo, na estreia do Corinthians no Campeonato Paulista.

"Sou um iluminado só de estar aqui", festejou Alex. "Mas um pique desses, no final do jogo e em início de temporada, é para matar o velho", brincou o meio-campista de 29 anos, que teve uma apresentação irregular - foi apagado no primeiro tempo e assustou o goleiro Fernando Leal em cobrança de falta no segundo.

Leia também: Corinthians sofre para estrear com vitória no Paulistão

Bem-humorado, Alex ainda disse que preferia começar o Estadual "com o pé esquerdo", por ser canhoto. "A gente sai desse jogo com o Mirassol com um aprendizado. Mesmo com as dificuldades de início de ano, poderíamos ter jogado melhor", reconheceu, em tom mais sério.

Veja ainda: Alessandro assume falha e ganha apoio de Tite para se recuperar

O meia recebe cuidado especial da comissão técnica neste princípio de temporada. No amistoso preparatório com a Portuguesa, na quarta-feira passada, foi preservado pelo técnico Tite.

"Não joguei porque senti o músculo anterior da coxa, que lesionei no ano passado. Vínhamos de um jogo desgastante contra o Flamengo, na grama alta de Londrina. Preciso melhorar e ver de que forma o meu corpo reage à sequência de partidas", disse Alex, antes de dar um novo pique. Desta vez, para celebrar a vitória deste final de semana com torcedores.

Leia tudo sobre: AlexCorinthianscampeonato paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG