Tamanho do texto

Corinthians não consegue mais vencer dois jogos seguidos no Brasileiro desde série invicta do começo da competição

Desde o final daquele período avassalador no Campeonato Brasileiro, com nove vitórias e um empate, o Corinthians nunca mais conseguiu engatar dois triunfos seguidos na competição. Não foi diferente neste domingo: após bater o Flamengo de maneira convincente, no meio de semana, a equipe alvinegra foi derrotada pelo Fluminense por 1 a 0. Para Alex, esse perde-ganha a todo instante é uma situação normal, dado o nível equilibrado do futebol nacional.

"Sofremos o gol em uma infelicidade, porque o jogo estava equilibrado. Nós começamos criando, depois eles começaram a criar. O futebol brasileiro é assim. Jogar contra o Fluminense, que está começando a pegar confiança de novo não é fácil", analisou o meia, no Engenhão.

"Não é que estamos preocupados com isso, porque a gente já sabia que iria encontrar essa dificuldade, que todos os times iam melhorar. É que nós estávamos em um nível muito alto no começo. Mesmo que continuasse daquele jeito, com os outros melhorando, não seria suficiente. Endureceu o campeonato. Hoje o sofrimento é maior, todos pegaram confiança", completou.

Curiosamente, mesmo não conseguindo repetir a boa campanha que fez no início da competição, o Corinthians vem se mantendo na liderança. Só que a diferença para os demais concorrentes não é mais a mesma daquela época e, a cada rodada, a primeira colocação fica em jogo.

No domingo que vem, o Corinthians terá pela frente outra pedreira. O time do técnico Tite faz o clássico contra o Santos, no Pacaembu. O retrospecto contra o rival, nesta temporada, está empatado. Em quatro encontros, foram dois empates e uma vitória cada. A vitória do time Vila Belmiro, porém, foi na final do Campeonato Paulista e valeu o título a Neymar e companhia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.