Com meias atuando como titulares, Corinthians somou apenas 40% dos pontos que disputou

Alex e Danilo passaram a atuar juntos como titulares do Corinthians  há cinco rodadas, no duelo contra o Atlético-PR, em Curitiba. De lá para cá, o time venceu apenas um jogo, empatou três e perdeu um jogo. O aproveitamento de 40% dos pontos foi logo explicado pelo baixo rendimento dos dois meias criativos atuando juntos.

Alex acha que cobrança deve ser para cima de todos, não só dele
Bruno Winckler
Alex acha que cobrança deve ser para cima de todos, não só dele

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

Porém, para Alex, é injusto dizer que a culpa por essa baixa produção do time é da dupla. “Não é verdade. Há duas semanas não se levantava isso que Alex e Danilo jogando juntos não dá certo. Aqui tudo é conjunto. É injusto jogar isso para nós. Houve uma produtividade positiva, desde o jogo com o Atlético Paranaense, mas tivemos a infelicidade de resultados ruins mesmo com o time criando muitas chances”, disse o meia.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

Durante os treinos desta semana, Tite chegou a dizer que é provável que ele dê lugar a um outro jogador para atuar na vaga de Alex ou Danilo, mas que ainda não decidiu-se por isso. Nos treinos de quinta-feira, o treinador manteve a dupla nas duas formações que testou . “O Tite é um técnico muito capaz para saber se é necessária uma mudança de nomes ou de posicionamento”, comentou Alex.

Tite defende sua escolha, mas sabe que precisa adaptá-la e assim não sofrer tanto como nos últimos jogos. Ele diz que precisava dar uma sequência aos dois meias para avaliar o rendimento do time com eles.

“Eu digo assim. Eu preciso dar no mínimo três jogos inteiros para adaptar. Falo isso para Alex, para o Emerson. É questão de entrosamento. Danilo e Alex podem atuar atrás do atacante em mais de uma posição no 4-2-3-1 e agora tenho que encontrar qual é a melhor. Eu busco entender, compreender e não justificar (que um esquema de errado por um jogador)”, disse Tite na terça-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.