Como visitante, time só conseguiu se recuperar uma vez. Foi este ano, no confronto com o Horizonte-CE

A Copa do Brasil tem suas peculiaridades e o Flamengo precisa aprender a conviver com elas. Urgentemente. Afinal, foi vítima dos gols como visitante do rival Ceará na briga por uma vaga nas semifinais da competição. Como perdeu o jogo de ida por 2 a 1 , como mandante, no Engenhão, precisará de uma vitória por dois gols de diferença ou um, desde que marque três ou mais, para se classificar, quarta-feira, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

null

O problema é que o histórico do Flamengo quando precisa decidir a vaga fora de casa em desvantagem não ajuda. Nas seis vezes em que isso aconteceu, o time só se classificou em uma. E foi este ano, no confronto com o Horizonte-CE, nas oitavas de final. Depois de um empate em 1 a 1 no Engenhão, conseguiu vencer por 3 a 0 o jogo de volta .

“Já ganhei e perdi em situações deste tipo. Ganhei um campeonato paulista com o Santos precisando vencer o São Caetano por dois gols e aconteceu (em 2007, conseguiu a vitória por 2 a 0, no Morumbi). Vamos trabalhar buscando isso. Por isso, coloquei um meio-campo que negocia mais a bola e vai ficar mais compacto. Um gol no começo pode mudar coisa”, analisou o técnico Vanderlei Luxemburgo.

Ronaldinho Gaúcho tenta dominar a bola, observado pela marcação do Ceará no Engenhão
Vipcomm
Ronaldinho Gaúcho tenta dominar a bola, observado pela marcação do Ceará no Engenhão
Em um desses confrontos perdidos pelo Flamengo, Luxemburgo estava do outro lado. No comando do Cruzeiro, conseguiu um empate em 1 a 1 no Maracanã e depois venceu por 3 a 1 o jogo de volta da decisão da Copa do Brasil de 2003, no Mineirão. O clube mineiro ainda foi carrasco em 1996, com outro empate em 1 a 1 no Rio e em 0 a 0 em Belo Horizonte.

Na lista de algozes ainda está o próprio Ceará. Na Copa do Brasil de 2005, o jogo foi disputado fora do Rio por questões comerciais. Em Campo Grande (MS), o Flamengo perdeu por 2 a 0 e depois não passou de um empate em 1 a 1 em Fortaleza, sendo eliminado da competição nas oitavas de final.

Santos, na edição de 2000, com uma vitória por 4 a 0 (4 a 2 na volta), e Grêmio, em 1989, com um empate em 2 a 2 (6 a 1 na volta), são os outros times que saíram em vantagem no confronto contra o Flamengo, jogando como visitantes. Os dois jogos foram disputados no Maracanã.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.