Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Além da bicicleta, Atlético-MG se destaca com dois gols de longe

Pela primeira vez nesta temporada o time alvinegro marca duas vezes de fora da área numa mesma partida

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Dois dos cinco gols do Atlético-MG na goleada sobre o Penarol , pela segunda fase da Copa do Brasil, foram de fora da área, fato que não ocorria há muito tempo e inédito nesta temporada. Os autores dos gols foram o volante Fillipe Soutto e o atacante Guilherme , ambos foram unânimes ao dizer que é preciso arriscar para fazer o gol de longe.

Veja também: Confira todos os confrontos da segunda fase da Copa do Brasil

“Tem que arriscar, tem que ter confiança. Apesar de ter perdido gols no último jogo. Estou feliz de ter acertado esse chute. A palavra é trabalho”, disse o atacante Guilherme, que foi bastante cobrado por ter perdido duas oportunidades claras no clássico com o Cruzeiro .

Leia também: Com golaço de André, Atlético-MG goleia Penarol e se classifica

Já Fillipe Soutto, que diante do maior rival acertou a trave, inclusive foi no rebote que Guilherme perdeu um dos gols, lembrou do lance da partida passada. Para o camisa 8 do Atlético-MG , ele foi feliz ao acertar um chute não frontal, já que ele recebeu a bola depois de cobrar um escanteio curto para Guilherme. “No clássico arrisquei e o Fábio muito bem, a bola ainda bateu na trave. Hoje fui feliz e conseguir abrir o placar”.

Com os cinco gols diante do Penarol, o Atlético-MG chegou a 34 gols em 12 partidas na temporada. Desses, cinco já foram de fora da área. Bernard (contra a Caldense) Mancini (contra o Guarani) e Marcos Rocha (contra o Nacional) são os jogadores que já haviam marcado em chutes de longa distância.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG