Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Alecsandro volta a confirmar desejo de seguir no Internacional

Atacante não fala do Vasco e diz que a imprensa tem culpa por sua ida para o banco de reservas do Inter

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Lucas Uebel/VIPCOMM
Alecsandro durante a pré-temporada do Inter
Mesmo com a tentativa do Vasco em contratar o jogador, o atacante Alecsandro voltou a demonstrar interesse e vontade em seguir no Internacional. O jogador preferiu não projetar a possibilidade de se transferir para o futebol carioca.

“Não acho nada, por enquanto sou jogador do Inter. Eu ouvi uma declaração do presidente do Vasco falando de mim, mas por enquanto ninguém da diretoria do Inter e do Vasco me procurou”, disse Alecsandro em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Apesar de ter perdido o posto entre os titulares, o ex-camisa 9 demonstra o desejo de seguir em Porto Alegre, e inclusive contesta a resistência que parte da torcida tem por ele. Alecsandro se recupera de lesão muscular e deve voltar a treinar nesta semana.

“Minha família gosta de Porto Alegre, eu me sinto bem, a torcida me trata bem, sou um dos líderes do grupo, o presidente já disse que gosta de mim. Espero continuar. Eu nunca cheguei em um shopping ou restaurante e veio alguém me cobrar. A maioria dos torcedores me procura e vem me dizer que é uma minoria que não gosta de mim”, contou.

O atacante atacou a imprensa e disse que parte da mídia gaúcha teria contribuição na perda da sua titularidade. Ele ainda reprovou o tratamento dado por alguns jornalistas na contratação de Fernando Cavenaghi.

“A opinião pública pesou muito, alguns fizeram campanha para o Damião jogar. Acho que cada um tem o direito de gostar de um ou outro jogador, mas alguns passam do limite. Alguns jornalistas falam algumas coisas que me deixam chateado. A imprensa já colocou o Cavenaghi como o camisa 9. Acho que às vezes falta um pouco de respeito”, atacou.

Vários clubes já demonstraram interesse em contratar Alecsandro, mas nenhum fez a oferta esperada pelo Inter. O clube gaúcho só aceita vender o jogador e estipulou um preço próximo dos 2 milhões de euros (R$ 4 milhões e 500 mil).
 

Leia tudo sobre: InternacionalAlecsandrovascomercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG