Atacante do Vasco cita vitória sobre o Bangu para provar que modelo europeu pode ser copiado

A vitória de 3 a 1 sobre o Bangu, nesta quarta-feira, abriu uma discussão em São Januário. Em protesto ao atraso salarial, os jogadores não se concentraram para esta partida. Como ganharam e mostraram comprometimento, o tema, mesmo com a promessa de quitação das dívidas, começa a ser avaliado com atenção. Se depender da comissão técnica e da diretoria, ninguém será liberado. Mas já há quem peça um olhar diferente para o fim das noites passadas em hotéis às vésperas dos jogos.

Para o atacante Alecsandro, o episódio recente deve servir de exemplo não apenas no Vasco, mas no futebol brasileiro em geral.

“Eu não gosto de concentração. Por mim, não haveria. Na Europa, os clubes já aboliram. Aqui não temos esta cultura, mas há profissionais responsáveis que podem não concentrar e chegar no jogo e dar conta do recado”, comentou o atacante.

“É muito melhor dormir ao lado da minha esposa e com o meu filho do que dormir com o Diego Souza”, brincou o jogador, amigo e parceiro de quarto do camisa 10 Vasco desde que a sua chegada a São Januário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.