Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Alecsandro diz que grupo superou derrota para o Flamengo

Atacante do Vasco temia que jogadores mais jovens sentissem a perda da final estadual

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O empate em 2 a 2 com o Atlético-PR serviu para o Vasco provar que superou a derrota para o Flamengo na final do estadual. Pelo menos foi o que garantiu Alecsandro. O atacante voltou de Curitiba com a sensação de dever cumprido. Experiente, o jogador não sabia como os mais jovens responderia em campo após o fracasso do fim de semana.

 

“O time reagiu bem. Mostramos que somos um grupo forte, maduro. A derrota para o Flamengo é coisa do passado. Temos que pensar na Copa do Brasil”, destacou o camisa 9.

 

O jogador desfalca a equipe no segundo jogo, dia 12, no Rio. Para passar à semifinal, o Vasco pode empatar em 0 a 0 e 1 a 1, já que marcou dois fora de casa. Alecsandro não vai enfrentar o Furacão em razão do cartão amarelo sofrido na comemoração do seu gol. Ele homenageou o pai, o ex-jogador Lela, ídolo do Coritiba, fazendo caretas. O árbitro interpretou como provocação e advertiu o atacante com cartão amarelo.

 

“Foi uma homenagem ao público paranaense, pois meu pai foi ídolo naquela cidade. Foi ele, inclusive, que me pediu que o imitasse. Fiz para ele, acho que o juiz devia estar mais inteirado sobre a história para entender o que houve”, declarou o jogador, esquecendo-se, porém, que na saída para o intervalo, ele, irritado, referiu-se ao adversário como “este time aí”, ao lembrar os gols do pai no clássico paranaense.


 

Leia tudo sobre: vascoalecsandrocopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG