Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Alckmin promete infra-estrutura em Itaquera até julho de 2013

Governo estadual planeja investir R$ 365 milhões no sistema viário da zona leste da capital

Gazeta |

Além de contar com um estádio moderno, o bairro de Itaquera (zona leste da capital paulista) aguarda os investimentos governamentais para receber com qualidade a Copa do Mundo de 2014. Nesta quarta-feira, o governador Geraldo Alckmin prometeu cumprir a sua parte com um ano de antecedência. A prefeitura de São Paulo já garantiu os incentivos fiscais para a obra .

AE
Alckmin e o presidente corintiano, Andrés Sanchez

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

"São Paulo tem todas as condições para oferecer o melhor em termos de estrutura até para a abertura da Copa no Brasil. Temos infra-estrutura, segurança, saúde, enfim, é uma capital mundial", definiu.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

Ao poder estadual, caberá o trabalho para melhorar o transporte até Itaquera. Alckmin avisa que sua gestão irá investir R$ 365 milhões no sistema viário da região - outros R$ 105 milhões vão partir da prefeitura.

A promessa é deixar o metrô (na linha três) e o trem (na linha 11) com o dobro da capacidade requerida pela Fifa para o maior evento do futebol. "A exigência é de 50 mil passageiros por hora/sentido. Vamos oferecer 114 mil passageiros por hora/sentido", afirmou Alckmin.

Além disso, a Radial Leste irá receber obras de ligação com outras vias, como a Avenida Jacu-Pêssego, além de viadutos para os automóveis e as passarelas de pedestres. Alckmin ressalta o legado que será deixado à população. "Temos que pensar que 4 milhões de pessoas moram na zona leste e poderão desfrutar de todas essas obras no futuro", comentou o governador paulista.

Leia tudo sobre: corinthiansitaqueracopa 2014alckmin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG