Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ainda sem vencer o Corinthians, Deola minimiza tabus do dérbi

Goleiro busca primeira vitória como profissional diante de principal rival justamente na semi do Paulista

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Se firmando como novo titular e ídolo no Palmeiras , Deola ainda não pôde comemorar uma vitória contra o Corinthians como titular da equipe profissional do Palestra Itália. A sua próxima chance será já neste domingo, justamente pela semifinal do Paulistão.

O camisa 22, no entanto, minimiza todos os tabus. Um deles é o de 16 anos sem vencer o principal rival no Pacaembu. Outro é o de quatro jogos sem triunfos diante do Corinthians.

“Esse negócio de tabu não existe. São jogadores diferentes, épocas diferentes. A maioria dos jogadores aqui jogou uma ou duas contra o Corinthians, então não tem peso. Nem sei direito dos números. Isso não influencia nada. E dentro de campo é que vai definir quem vai ganhar”, afirmou o jogador.

Outra polêmica que Deola deixa de lado é sobre quem manda no Pacaembu. Para ele, o estádio é da prefeitura de São Paulo e não do Corinthians. Para comprovar sua tese, o goleiro cita números históricos que mostram um Palmeiras com várias vitórias no palco do jogo do próximo domingo.

“O Pacaembu é da prefeitura, é de São Paulo. Hoje estamos sem casa, mas lá foi um lugar que o Palmeiras ganhou muito. É um aproveitamento de mais de 60% jogando no Pacaembu, o time foi campeão em 1994, foi campeão na inauguração do Pacaembu. Então é um lugar que muitos não consideram a casa porque temos o Palestra, mas é um lugar que sempre trouxe muitas alegrias para a gente”, completou Deola.

Palmeiras e Corinthians se enfrentam neste domingo no Pacaembu. Após um dia de indefinição, o estádio foi escolhido como local do jogo e contará com apenas 5% de corintianos.

Leia tudo sobre: palmeirasdeola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG